Senado: Candidato a primeiro suplente de Sarney Filho, Clóvis Fecury declara patrimônio de 65 milhões de reais

O ex deputado federal e eterno candidato a suplente de senador, Clóvis Fecury, declarou um patrimônio um tanto quanto chamativo nessas eleições de 2018. O empresário filho do dono do Ceuma e ex senador, Mauro Fecury, declarou a bagatela de 65 milhões de reais, sendo o mais rico entre os candidatos.

As informações estão todas no site do TSE.

Entre os bens do empresário, estão terrenos, casas, apartamentos, aplicações, depósitos, quotas e etc.

Abaixo, veja a lista dos bens de Clóvis Fecury:

1º Suplente – MARANHÃO/BR
Partido Social Democrático – PSD
CNPJ – 31.194.260/0001-79

Situação Candidato : Aguardando julgamento

Tipo Valor do Bem
Terreno R$100.000,00
Terreno R$90.000,00
Ações (inclusive as provenientes de linha telefônica) R$1.382,17
Casa R$4.411.111,11
Apartamento R$1.100.000,00
Quotas ou quinhões de capital R$80.500,00
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) R$582.324,16
Terreno R$8.750,00
Caderneta de poupança R$16.179,53
Terreno R$1.000,00
Quotas ou quinhões de capital R$5.300.000,00
OUTROS BENS E DIREITOS R$6.890.332,57
Ações (inclusive as provenientes de linha telefônica) R$12.818,00
OUTROS BENS E DIREITOS R$1.785.975,01
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) R$5.370.181,63
OUTROS BENS E DIREITOS R$137.131,01
Terreno R$50.000,00
OUTROS BENS E DIREITOS R$60.000,00
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) R$288.759,27
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) R$8.454.901,65
OUTROS BENS E DIREITOS R$214.256,60
Quotas ou quinhões de capital R$19.500.000,00
Quotas ou quinhões de capital R$395.167,00
Quotas ou quinhões de capital R$327.000,00
Ações (inclusive as provenientes de linha telefônica) R$1.990,71
Depósito bancário em conta corrente no País R$180.391,58
OUTROS BENS E DIREITOS R$1.277.959,27
Quotas ou quinhões de capital R$7.624.090,87
Quotas ou quinhões de capital R$3.282,80
Casa R$990.000,00
OUTROS BENS E DIREITOS R$162.103,17
OUTROS BENS E DIREITOS R$126.123,11

R$65.543.711,22

 

COMENTÁRIOS

Justiça condena ex-prefeito de Pedreiras por improbidade administrativa

Uma sentença da 1ª Vara de Pedreiras condenou o ex-prefeito Francisco Antônio Fernandes (foto), e os ex-secretários municipais ao ressarcimento integral dos danos causados, de forma solidária, no valor de R$ 96.025,75 (noventa e seis mil, vinte e cinco reais e setenta e cinco centavos). Eles também foram condenados ao pagamento de multa civil, para cada um dos ex-gestores, em valor equivalente ao dano, integralizando o montante de R$ 96.025,75 (noventa e seis mil, vinte e cinco reais e setenta e cinco centavos), a ser revertida em favor do erário municipal; e à suspensão dos direitos políticos pelo prazo de seis anos.

Na Ação Civil por Ato de Improbidade, o Ministério Público alegou, em resumo, que o ex-prefeito e os demais requeridos Sys Day Raposo – na qualidade de Secretária Municipal de Educação -, e Marcos Henrique Bezerra, enquanto Secretário Municipal de Saúde, deixaram de realizar atos de ofício, não repassando à Caixa Econômica Federal os valores descontados na folha de pagamento dos servidores a título de parcelas de empréstimos consignados durante os exercícios de 2013 e 2014.

Esse fato acabou culminando na suspensão do convênio pela Caixa Econômica Federal e implicando no pagamento pelo Município de Pedreiras de encargos pelo atraso no repasse de tais valores, tais como juros e multa, que acumulados no período de novembro/2013 a dezembro de 2014 integralizaram o importe de R$ 96.025,75 (noventa e seis mil e vinte e cinco reais e setenta e cinco centavos), gerando prejuízo ao erário municipal.

Os requeridos foram citados e apresentaram contestação conjunta, sustentando, em síntese, a reiteração da incompetência da Justiça Estadual; ilegitimidade passiva por serem agentes políticos; prerrogativa de foro e rejeição dos pedidos liminares quanto ao Prefeito de Pedreiras, falta de justa causa e a improcedência da ação de improbidade, já que não seriam os responsáveis pela elaboração da folha de pagamento, retenção ou repasse de valores à Caixa Econômica Federal, e que o atraso dos referidos pagamentos não configura ato revestido de dolo ou culpa do gestor capaz de caracterizar ato ímprobo.

Na sentença, o juiz Marco Adriano Ramos Fonseca observou que o ex-prefeito, principal ordenador de despesas, seria o primeiro responsável pelo desconto relativo às consignações procedidas em folha de pagamento dos servidores, e, em relação ao repasse para a instituição financeira, ficou caracterizado como de responsabilidade dos outros dois demandados, na qualidade de Secretários Municipais de Educação e Saúde, respectivamente.

Para a Justiça, ficou comprovado pelo teor do Ofício nº 341/2014/GOV, expedido pela Caixa Econômica Federal, agência de Pedreiras, que o Município de Pedreiras desde janeiro de 2013 até agosto/2014, apenas nos meses de maio/2013 e junho/2013 pagou o consignado regularmente. Segundo a sentença, todos os outros meses foram pagos com atraso de um mês, o que motivou a suspensão das contratações de empréstimo consignado pelos servidores municipais de Pedreiras. “Portanto, verificou-se que os descontos nos contracheques dos servidores eram realizados e não repassados para a instituição bancária conveniada com o município a título de pagamento das parcelas de empréstimos consignados”, entendeu o juiz.

A sentença diz, ainda, que os ex-gestores desrespeitaram a moralidade, boa fé e a lealdade administrativa, na medida em que deixaram de realizar os repasses concernentes aos descontos relativos às consignações, decorrentes dos empréstimos realizados pelos servidores públicos perante a Caixa Econômica Federal. “Acrescente-se, outrossim, que a conduta omissiva do ex-prefeito municipal e dos Secretários Municipais de Saúde e Educação, estes na qualidade de responsáveis diretos pelos repasses dos descontos realizados a título de empréstimo consignado à Instituição Financeira (CEF), em deixar de repassar os valores descontados das folhas de pagamento dos servidores aos bancos induz a caracterização de ato de improbidade administrativa”, pontua.

Além das sanções já impostas, os requeridos estão proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos. “Por oportuno, deixo de condená-los à sanção de perda da função pública, tendo em vista que encerrado o período do mandato eletivo do ex-Prefeito Municipal”.

COMENTÁRIOS

Mais de 8 mil candidatos concorrem a uma vaga na Câmara dos Deputados

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), registrou 8.067 candidaturas para a Câmara dos Deputados. Desse total, apenas 31,6% são mulheres e 41% se declaram como pretos ou pardos. Além disso, o TSE registra 38 indígenas candidatos a deputado federal.

Para o professor da Universidade de Brasília, especializado em Direito Eleitoral, Erick Pereira, os avanços nas candidaturas ainda são tímidos para tentar superar a atual sub-representação da população brasileira na Câmara.

“Muitas vezes as dificuldades – sejam geográficas ou sociais propriamente ditas – fazem com que se tenha uma lentidão no incentivo à inclusão, mesmo com a modificação que temos hoje no financiamento público que incentivou muitas candidaturas”, avalia Pereira.

Candidatos à Presidência
Ao todo, 27.249 candidatos vão disputar as vagas para oito cargos eletivos em 2018. Serão 13 candidatos a presidente da República, dos quais dois são deputados federais atualmente: Cabo Daciolo (Patri-RJ) e Jair Bolsonaro (PSL-RJ).

Completam a lista: Álvaro Dias, do Podemos; Ciro Gomes, do PDT; Geraldo Alckmin, do PSDB; Guilherme Boulos, do Psol; Henrique Meirelles, do MDB; João Amoedo, do Novo; João Goulart Filho, do PPL; José Maria Eymael, da Democracia Cristã; Marina Silva, da Rede; Vera Salgado, do PSTU.

O PT registrou Luiz Inácio Lula da Silva como candidato a presidente e Fernando Haddad como vice, mas o Movimento Brasil Livre e a Procuradoria Geral da República já apresentaram os primeiros questionamentos ao TSE com o argumento de que Lula, atualmente preso e condenado em segunda instância, não pode ser candidato.

Impugnações
Eventuais impugnações de candidatura serão analisadas pelo TSE até 17 de setembro. “A Justiça Eleitoral vai fazer a análise de um a um para verificar se os candidatos preenchem as chamadas condições de elegibilidade e se nenhum desses candidatos incide em alguma inelegibilidade, aquilo que tornaria o candidato ficha limpa ou ficha suja”, explica o secretário judiciário do TSE, Fernando Alencastro.

Em 2014, do total de 26.162 candidaturas inicialmente registradas, 4.184 foram consideradas inaptas por motivos diversos, como indeferimento da candidatura, renúncia e até por falecimento, como foi o caso do então candidato do PSB à presidência da República, Eduardo Campos.

O TSE registra ainda 197 candidatos aos governos estaduais, 339 ao Senado, 16.827 às assembleias legislativas e 954 à Câmara Distrital.

Agência Câmara Notícias

COMENTÁRIOS

Protesto contra violência: Comunidade fecha a BR-135

A Comunidade do bairro Vila Funil, situada no Km 3 da BR-135, na Zona Rural de São Luís, realizou um protesto na manhã desta segunda-feira (20). Os manifestantes cobram das autoridades mais segurança na região.

Segundo os moradores, no domingo (19) cinco famílias tiveram que abandonar as suas casas porque facções criminosas expulsaram os moradores de suas residências.

Por conta do protesto, a rodovia foi interditada por uma hora e meia pelos manifestantes nos dois sentido. Eles usaram pedaços de pau e fogo, o que causou o congestionamento dos veículos. A Polícia Militar já está no local com o intuito de manter a ordem e a segurança durante a manifestação.

O trânsito foi liberado pelos manifestantes às 7h26 pela Polícia Militar. O Corpo de Bombeiros ainda permaneceu no local apagando as chamas e tirando a sujeira da pista.

G1 Maranhão

COMENTÁRIOS

Rogério Pitbull é suspeito de doar portas de Posto de saúde em troca de votos para sua campanha de deputado Estadual

Não é segredo pra ninguém que Rogério faz qualquer negócio para alimentar sua vaidade de poder. A bola da vez, é a prática absurda de sucatear prédios públicos como postos de saúdes e escolas, paralisando os serviços à população, e depois doar portas e janelas para moradores dos povoados da zona Rural de Bom Lugar em troca de votos para deputado estadual, sua nova pretensão.

O fato aqui narrado, ocorre em vários povoados, mas cabe destaque para o povoado Matinha, que fica a 9 KM da sede do município, onde dois moradores locais receberam de Rogério Pitbull, portas e janelas do posto de saúde que fica ao lado da escola Unidade Escolar São Francisco de Assis, e um outro morador do povoado, recebeu autorização para reformar o prédio do posto de saúde e utilizá-lo para fins particulares, seja de moradia ou comércio, ou seja, bem público servindo como moeda de troca na barganha de voto, o que por si só além de ser uma prática imoral é ilegal, conforme prevê a lei eleitoral.

Sabe-se no município que, para manter o altíssimo acordo que fez com o grupo político do ex-prefeito Sérgio Miranda (MDB) para vencer as eleições de 2016, Rogério Pitbull tem feito verdadeiros ataques aos cofres do município de Bom Lugar, e só quem perde com isso é a população que não dispõe de serviços básicos como saúde e educação.

Falando em educação, vale lembrar que em 2017 a Prefeita Luciene (Esposa de Rogério Pitbull) decretou o fechamento de várias escolas da zona rural, deixando dezenas de alunos fora da sala de aula, tendo que ir para escolas de outros povoados em busca de alguma vaga.

O sucateamento de órgãos públicos é um grave problema, mas não é o único. Vale destacar que o município não tem sequer um posto de saúde para procedimentos de média complexidade, muito menos um hospital, e não bastasse isso, o município de Bom Lugar não dispõe de uma única ambulância, e assim o cidadão bomlugarense, tem que se descolar para hospitais em municípios vizinhos por meio de carona, ou para os que tem algum dinheiro, tem que fretar um carro particular.

Enquanto isso Rogério Pitbull faz uma campanha milionária em outros municípios na disputa de uma cadeira na assembleia estadual, cometendo abusos e inclusive foi autuado pelo Ministério Público Eleitoral por fazer campanha antecipada (antes do prazo permitido em lei).

Abre o olho Ministério Público…

COMENTÁRIOS

Flávio Dino faz a maior carreata da história de Bacabal e reúne mais de 1.500 veículos

O governador e candidato à reeleição Flávio Dino fez neste domingo (19) a maior carreata da história da região de Bacabal. Foram mais de 1.500 carros e motos acompanhando Flávio para demonstrar apoio à campanha rumo à vitória.

Durante o ato, houve muitos gritos de “Lula livre e Flávio governador”. Bandeiras com a inscrição “Lula livre” também marcaram presença.

Os moradores e motoristas compareceram logo cedo para aproveitar a carreata ao som do jingle Passinho do 65. Esse é o número de Flávio nas urnas.

“Aqui em Bacabal, essa acolhida popular, o povo reconhecendo tudo de bom que fizemos aqui na cidade, a exemplo do hospital, investimentos em asfalto, em infraestrutura. E é nesse clima 65 que a gente vai ganhar em 1º turno”, disse Flávio.

Apoios diversos

O governador recebeu apoios de vários líderes políticos e sociais de diversos partidos. O ex-prefeito Zé Vieira disse que Flávio “é o melhor governo que já passou em Bacabal. Está trabalhando muito pela cidade, trazendo asfalto e outras coisas”.

“O PT de Bacabal e a Fetaema (Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Maranhão) querem a reeleição do governador Flávio Dino. Tamo juntos!”, disse Raimundo Sousa, presidente do partido no município.

Obras em Bacabal

Além da carreata, Flávio conversou com os moradores e citou diversos investimentos feitos desde 2015 pelo Governo do Estado em Bacabal. Entre eles, está o Hospital Macrorregional, que atende casos complexos que antes só podiam ser feitos na capital ou fora do Estado.

Outros exemplos são o Bolsa Escola, fardamentos escolares, ambulância, Mais Asfalto, motoniveladora, reforma completa do Ciretran e do aeródromo, nova delegacia, mais viaturas e policiais, sementes para pequenos agricultores, novo Viva/Procon e CRAS.

COMENTÁRIOS

Júnior Verde mostra seu dia a dia nas redes sociais

Candidato a reeleição, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) divulgou na sua rede social o primeiro de uma série de vídeos que mostram o dia a dia das suas atividades enquanto parlamentar. Júnior Verde foi considerado um dos deputados mais atuantes da Assembleia Legislativa.

No vídeo, o deputado aparece em casa e em seguida se deslocando para a Assembleia Legislativa. Ele ainda fala da sua infância de dificuldades e do orgulho de ser deputado e de poder defender a população no Poder Legislativo.

“A gente precisa melhorar a qualidade de vida do povo e por isso que eu me orgulho de estar defendendo a sociedade maranhense na Assembleia”, disse Júnior Verde, que tem cumprido uma intensa agenda de compromissos políticos e recebido cada vez mais apoio de lideranças de todo o Maranhão.

COMENTÁRIOS

Paulo Marinho Jr lança candidatura a deputado federal

Atualmente, os representantes do cenário político espelham qual sociedade? Será que a população se enxerga nesse grupo com diversidade étnica, de gênero, cultural e social praticamente nula? As eleições de 2018 prometem causar questionamentos similares a esses. E, para algumas figuras, as indagações vieram acompanhadas por uma necessidade concreta de transformação: a inserção na área política.

Em 2012, Paulo Marinho Jr assumiu o mandato de deputado federal, pela rápida passagem, deixou grandes projetos, diversas indicações e um legado na capital brasileira, Brasília. Jr é filho do ex-deputado federal e ex-prefeito Paulo Marinho e da também ex-deputada e ex-prefeita Márcia Marinho. A maior família política tradicional do leste maranhense.

Aos 33 anos, o empresário e atual vice-prefeito do município de Caxias (cidade a 363 quilômetros de São Luís), Paulo Celso Fonseca Marinho Júnior, mais conhecido como Paulo Marinho Júnior, colocou seu nome, à disposição do partido progressista (PP) para concorrer a uma vaga para Câmara dos Deputados do Brasil.

Na noite deste sábado (18), às 18h, na Associação Recreativa Alecrim (Clube Alecrim), Rua General Sampaio, no Morro Alecrim, em Caxias, Paulo Marinho Júnior legitimou sua candidatura a deputado federal. O lançamento contou com a presença do atual mandatário da princesa do sertão, Fábio Gentil, do ex-deputado e candidato a deputado estadual, Jose Gentil Rosa, do senador e candidato a reeleição ao senado, Edison Lobão, vereadores, e inúmeras lideranças políticas do estado.

COMENTÁRIOS

Classe empresarial de Caxias declara apoio a Rubens Pereira Jr e Cleide Coutinho

Na noite desta sexta-feira (17) o deputado federal e candidato à reeleição Rubens Pereira Jr participou de um jantar com a classe empresarial da cidade de Caxias, que contou com a presença da candidata a deputada estadual Cleide Coutinho.

Na casa do empresário Ironaldo Alencar, vários empresários da cidade puderam conversa com os candidatos Rubens Jr., e Cleide Coutinho, onde apresentaram suas demandas e necessidades para melhoria da classe através de políticas públicas.

Presente no ato o ex-prefeito de Caxias, Leonardo Coutinho que também é empresário, falou sobre as dificuldade enfrentadas no atual momento econômico na cidade.

O deputado federal Rubens Pereira Jr., apontou a importância da atuação do governador Flávio Dino para minimizar os efeitos das crises econômicas e políticas. “As ações do governo Flávio Dino, pagando os salários em dias permitiu que não sofrêssemos tanto com a crise”, disse o deputado Rubens Jr.

A noite terminou com a consolidação do apoio de toda a classe empresarial a reeleição de a deputado federal Rubens Jr e a eleição da deputada Cleide Coutinho, também a eleição e continuação do trabalho do governador Flávio Dino.

COMENTÁRIOS

Flávio Dino mostra força em Imperatriz e arrasta multidão em grande caminhada

O governador Flávio Dino mostrou que está com a popularidade em alta na cidade de Imperatriz. Ontem, ele realizou caminhada que contou com milhares de pessoas e muita animação. Hoje, o Jornal Correio divulgou pesquisa feita pelo instituto Interpreta em que ele lidera com 70,42% das intenções de voto.

Imperatriz é administrada atualmente pelo prefeito Assis Ramos, que é do MDB, mesmo partido da principal adversária de Dino nas eleições de 2018, a ex-governadora Roseana. Mesmo com o gestor como aliado, a filha de José Sarney aparece com apenas 23,33% das intenções de voto na cidade.

Com uma agenda vigorosa de ações em Imperatriz, Flávio Dino desponta para ser o mais votado disparado nas eleições de outubro na Região Tocantina. Ontem ele arrastou uma verdadeira multidão também em João Lisboa e Senador La Rocque e esquentou a campanha com o “passinho do 65”.

A pesquisa Interpreta foi realizada no dia 10 de agosto e está registrada no TSE sob o número MA-07496/2018. Foram entrevistadas 625 pessoas, e a margem de erro é de 4 pontos porcentuais.

COMENTÁRIOS