Maria Sílvia pede demissão da presidência do BNDES

O governo de Michel Temer teve um forte baque hoje. A presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pediu demissão em caráter irrevogável. Alegou problemas pessoais. Será substituída temporariamente por Ricardo Ramos, hoje diretor.

A carta de demissão foi entregue hoje à tarde ao presidente Temer. A amigos, ela disse que já vinha amadurecendo a ideia. Tudo, segundo ela, foi decidido de forma muito tranquila. Mas é sabido que havia uma pressão grande do empresariado contra Maria Sílvia, sob a alegação de que ela estava travando a liberação de recursos.

Maria Sílvia é a primeira das técnicas do alto escalão do governo a pedir demissão. Temer enfrenta a sua mais grave crise, detonada pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, do JBS, grupo que recebeu mais de R$ 8 bilhões em empréstimos do BNDES e irrigou o caixa dois de centenas de políticos.

Na conversa nada republicana que Temer teve com Joesley, revelada em 17 de maio, o empresário reclamou com o presidente de Maria Sílvia. Alegou que estava difícil o acesso ao BNDES.

Veja a carta que Maria Sílvia enviou aos empregados do BNDES:

“Prezados benedenses,

Nesta sexta-feira, 26 de maio, informei pessoalmente ao presidente Michel Temer a minha decisão de deixar a presidência do BNDES.

Todos os diretores permanecem no cargo e o diretor Ricardo Ramos, pertencente ao quadro de carreira do BNDES, responderá interinamente pela presidência do Banco.

Deixo a presidência do BNDES por razões pessoais, com orgulho de ter feito parte da história dessa instituição tão importante para o desenvolvimento do país. Nas duas passagens que tive pelo Banco, como diretora, nos anos 90, e agora, como presidente, vivi experiências desafiadoras e de grande importância para a minha vida profissional e pessoal.

Neste ano à frente da diretoria do BNDES busquei olhar para o futuro, estabelecendo novos modelos de negócios e estratégias para o Banco, sem descuidar do passado e do presente, sempre tendo em mente preservar e fortalecer a instituição e seu corpo funcional.

Desejo boa sorte a todos, esperando que sigam trabalhando para que o BNDES continue sendo o Banco que há 65 anos faz diferença na vida dos brasileiros.

Um grande abraço,

Maria Silvia”.

COMENTÁRIOS

Governo ouve população para definir decisões orçamentárias de 2018

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), vai realizar, de 31 de maio a 27 de junho, as escutas territoriais do Orçamento Participativo (OP), no Maranhão. O objetivo é promover a participação da população nas decisões orçamentárias do governo estadual para 2018.

“As escutas territoriais são um instrumento fundamental para garantir um governo que reflete a vontade popular, que tem buscando sempre criar um canal de diálogo com a população maranhense. É uma oportunidade de participar das decisões sobre o orçamento estatal, possibilitando, desta forma, o exercício prático da cidadania, como é marca de governos democráticos em todo o mundo todo”, afirmou o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves da Conceição.

Este ano, serão realizadas 15 escutas territoriais, nos seguintes territórios: Sertão do Maranhão (23 cidades), Cerrado Sul (16 cidades), Médio Mearim (16 cidades), Cocais (17 cidades), Centro Maranhense (05 cidades), Vale do Mearim (15 cidades), Baixada Ocidental (20 cidades), Baixo Parnaíba (16 cidades), Cerrado Amazônico (22 cidades), Campos e Lagos (12 cidades), Vale do Itapecuru (18 cidades), Alto Turi Gurupi (12 cidades), LençóisMunim (12 cidades), Vale do Pindaré e Metropolitano (04 cidades).

No ano passado, foram priorizadas propostas voltadas para a educação, saúde e saneamento básico. Foram entregues obras de reforma, ampliação e/ou construção de escolas em 13 municípios, de hospitais em três, além da melhora do abastecimento de água em Zé Doca. O status de todas as obras e ações podem ser consultados no site http://participa.ma.gov.br/orcamento-participativo, na aba “Ações do OP”.

“O orçamento participativo de 2017 é um importante instrumento democrático, que visa a priorização das ações que constituirão a Lei Orçamentária do exercício de 2018, alem de estimular a prática da cidadania e do controle social, visa o cumprimento das prerrogativas do que atualmente se entende como accountability”, destacou a secretária de Planejamento e Orçamento do Estado, Cynthia Mota Lima .

Escutas

As escutas territoriais do OP são abertas a qualquer pessoa interessada. Em cada escuta, os participantes têm a oportunidade de indicar ações, que serão colocadas para votação popular no site www.participa.ma.gov.br. Ao final, a proposta que for mais votada por território será encaminhada aos técnicos da Seplan, para posterior inclusão na Lei Orçamentária Anual de 2018.

Participação Popular

O OP é uma forma de tornar participativo e democrático o orçamento público do Estado, elevando os níveis de controle popular e transparência sobre os recursos estatais. A política é coordenada pela Sedihpop, por meio da Secretaria Adjunta de Participação Popular (SAPP), em parceria com a Seplan.

COMENTÁRIOS

Luis Fernando apresenta prestação de contas do 1º quadrimestre de 2017

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, apresentou nesta quinta-feira (25), no Plenário da Câmara Municipal, o balanço contábil e financeiro da sua administração, referente ao 1º quadrimestre de 2017.  A prestação de contas cumpre a Lei Complementar Federal nº 101/2000, da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Além de dizer onde e como o dinheiro público do município de São José de Ribamar está sendo empregado, Luis Fernando também convocou o representante da Odebrecht Ambiental, concessionária de abastecimento de água e esgoto, para dar explicações sobre os serviços oferecidos nos últimos dois anos e as perspectivas para os próximos, caso a empresa continue com a concessão.

“Já estive nesta casa 19 vezes nos mandatos anteriores. A gente vive uma democracia representativa, o prefeito, o vice-prefeito e os parlamentares são eleitos para representar o povo, poder legislativo e o poder executivo. Esse contato direto, elimina muitas barreiras e o cidadão se sente contemplado com a atenção do governo que é dada e nós devemos satisfação a população”, afirmou o prefeito.

Durante a prestação de contas, Luis Fernando explicou que apesar do disforme e sofrido orçamento deixado pela antiga administração, às contas da prefeitura estão equilibradas chegando a apontar um pouco mais de 47% do comprometimento da receita, ou seja, no limite prudencial, inclusive equilibrado os gastos com pessoal, o que tem permitido o cumprimento de todos os contratos; pagamento em dia dos funcionários públicos, conforme datas contidas no calendário lançado no início do ano; retomada de obras importantes, antes paralisadas, e autorização de novas obras que deverão trazer progresso para o município.

As medidas adotadas, de acordo com o prefeito, foram determinantes para conter os efeitos negativos de uma dívida escriturária deixada em torno de mais de 25 milhões de reais, o que ainda causou a negativação do município junto a importantes órgãos federais.

“Não paramos um só dia para garantir o funcionamento do município e o resultado do esforço já começa a parecer. Já são 50km de estradas recuperados, muito até para a situação financeira do município,  47 escolas recuperadas e com aula em pleno cumprimento do calendário escolar, merenda escolar em todas as escolas, professores capacitados, 10 unidades de saúde recuperadas, agricultores familiares voltando a fornecer merenda escolar para as escolas, além da recuperação da cozinha escola que agora conta com um centro de capacitação em culinária e ao mesmo tempo restaurante popular”, detalhou o prefeito.

Luis Fernando também lembrou que em quatro meses a população também conta com cinco novas viaturas para a Guarda Municipal, a reconstrução do Poço da Saúde, considerado ponto turístico, Balcão de Informações turísticas, bem como a reconstituição do projeto Meninos do Santuário e o programa Voluntariado, que vai incentivar a população para boas práticas e ao final do ano premiação para as melhores práticas.

Antes de finalizar, o prefeito ainda falou sobre o direito do povo e dos vereadores, em saber sobre os serviços prestados pela concessionária que fornece água e esgoto no município. “Pela primeira vez, esta casa recebe um represente da Odebrecht, para relatar o desempenho da concessão, fazer a devida prestação dos serviços no que dez respeito à agua fornecida e ao tratamento dado ao esgoto da cidade”, cobrou.

Seriedade e transparência bastante elogiados pelos vereadores e público presente. “A administração de Luis Fernando já é uma marca registrada, porque além de primar pela correta aplicação dos recursos, também apresenta os requisitos para o bom êxito das ações”, elogiou o vereador, Professor Cristiano.

COMENTÁRIOS

Obras de recuperação da MA-201 e 202 avançam e entram na fase final

As obras de restauração da MA-201 (Forquilha/São José de Ribamar) e MA-202 (Forquilha/Mocajituba) avançam e chegam em sua reta final. O investimento de R$ 11 milhões faz parte do pacote do Governo do Maranhão para melhorar a trafegabilidade urbana da Região Metropolitana de São Luís, para garantir um fluxo seguro e mais rápido aos milhares de maranhenses que precisam cotidianamente utilizar estas rodovias.


O pacote de ações contempla os serviços de revitalização do canteiro central, serviços de drenagem, reconstrução das sarjetas, valetas, canaletas e meios-fios. São realizados ainda os serviços de manutenção da sinalização horizontal, vertical e lateral, incluindo tachas, tachões reflexivos, balizadores, marcadores de perigo e delimitadores. Ao todo, estão sendo recuperados 26,7 km de estrada.

Na MA-201, próximo ao bairro Maracajá, a equipe da secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) já realizou a aplicação 13,7 km de microrevestimento (técnica de rejuvenescimento da pista, que evita o desgaste, aumenta a vida útil do asfalto, além de ser 50% mais econômico em relação aos recursos tradicionais executados na manutenção e conservação das rodovias).

Ainda na MA-201, no bairro Lima Verde, está sendo feita drenagem profunda e logo após será feito o processo de pavimentação. O prazo para conclusão é de 30 dias, a depender das chuvas na região. Dona de uma galeteria, a aposentada Ausedilia Alves da Silva, 51, revela que mora há 24 anos no local e nunca tinha visto o poder público fazer um serviço de drenagem na via. Ao descrever o tormento que era sair de casa após forte chuva, ela agradece a intervenção do governo Flávio Dinho.

“Aqui, quando chove muito, a gente fica alagado, não consegue sair, tem que ficar que nem um sapo pulando para não cair nos buracos. E o asfalto é isso que o senhor tá vendo aí, sai com qualquer chuva. Agora, eu acho que vai melhorar porque nunca fizeram um trabalho desse por aqui” comemora a moradora. Filha de dona Ausedilia, Mohana Nascimento, 24, cursa o terceiro período de enfermagem e comenta as dificuldades que enfrentou ao sair para estudar.“Eu tinha que levar minha roupa branca na sacola porque quando chovia tinha lama e poderiam me melar. No verão, não era diferente, tinha que levar também por causa da poeira” completa a estudante.

Simultaneamente, no primeiro quilômetro da MA-202, sentido Forquilha-Beira Rio, a equipe da Sinfra está realizando os serviços de sarjeta, meio-fio e padronização de calçadas. O prazo para conclusão é de 15 dias e para quem mora no entorno os serviços já sinalizam melhorias. “Essa área era muito precária, muito mesmo. A gente não tinha como andar por aqui, muito buraco, lama, uma coisa terrível. Agora, espero que não tenha mais problemas depois desse serviço feito pelo governador”, comenta o aposentado João Francisco, 61.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, afirma que as ações de melhoria na mobilidade urbana da Grande da Ilha representam o esforço do governador Flávio Dino para garantir comodidade e segurança para que as pessoas realizem suas atividades diárias.

Todas as intervenções têm sido feitas com um padrão de qualidade, fizemos drenagem profunda, desobstruímos galerias e bueiros – só na MA-201 foram 52 pontos de desobstrução a fim de dar vasão a água –, limpamos, retiramos entulhos  e desobstruímos  também a calha do rio Paciência que estava assoreada provocando alagamentos e inundações”, frisou  Noleto.

Mais investimentos

As obras de intervenção geométrica no trânsito na região da Forquilha também está em sua fase final. Com 15 mil m² de extensão e investimentos de R$ 8,5 milhões do Governo do Maranhão, as obras realizadas na Forquilha, com a parceria da Prefeitura de São Luís, vão modificar todo o trânsito da área e terão impacto direto para mais de 20 bairros na capital e nos vizinhos Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

Além de obras estruturantes de drenagem e pavimentação, as intervenções incluem a eliminação de históricos pontos de conflito nas Avenidas Guajajaras, Estradas de Ribamar (MA-201) e Maioba (MA-202), e no Planalto Anil. No momento, a Sinfra está fazendo novo retorno na Guajajaras e paralelo a isso instalando a sinalização vertical e horizontal do cruzamento. O prazo para entrega é na primeira quinzena de junho.

COMENTÁRIOS

Vereador Sá Marques solicita melhorias em ruas do Centro e na Praça Catulo da Paixão

Nesta semana, foi aprovado na Câmara Municipal, o requerimento que versa sobre a inserção das Ruas Catúlo da Paixão Cearense, Boa Esperança e Carlos Gomes na Operação Tapa Buraco.

O requerimento foi de autoria do Vereador Sá Marques (PHS). Na oportunidade, o parlamentar ainda solicitou outras providências, como serviço de capina e jardinagem na Praça Catúlo da Paixão Cearense, no bairro da Vila Passos, no Centro de São Luís. O Vereador alertou ainda, que o local se encontra em situação de abandono, tomada por mato e lixo, o que impede a sua utilização pelos moradores.

Sá Marques requereu ao executivo sensibilidade com as situações apresentadas, e que providências cabíveis sejam tomadas para  a solução de tais problemas, assegurando direitos e melhor qualidade de vida aos moradores.

Veja o vídeo abaixo:

COMENTÁRIOS

São João dos Patos: Justiça suspende contrato de fornecimento de combustíveis e determina quebra de sigilo bancário da Prefeitura

Gilvana Evangelista, Prefeita de São João dos Patos

Decisão assinada pelo juiz Raniel Barbosa Nunes, titular da comarca de São João dos Patos, suspende o contrato de fornecimento de combustível firmado pelo Município com o Posto Tropical Ltda. Cabe ao Município a realização, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, de novo processo licitatório e novo contrato de fornecimento de combustíveis, “devendo ser observadas as regras previstas nas Leis 8.666/93 e 10.520/02 e decretos regulamentadores”, consta do documento. O magistrado determina ainda a quebra do sigilo bancário do Município, impondo ao Banco do Brasil que dê acesso ao Ministério Público a todas as movimentações bancárias realizadas pelo ente público de janeiro a maio do corrente, “identificando a entrada e saída dos recursos públicos”.

Segundo o documento, a realização de qualquer ato decorrente do contrato acima referido está proibida, ficando a desobediência sujeita à multa pessoal à prefeita do Município, Gilvana Evangelista de Souza, no valor de R$ 15 mil (quinze mil reais) por operação bancária efetuada. A aquisição de combustível perante o Posto Tropical está autorizada apenas se for praticado o mesmo preço do litro de combustível praticado no mercado.

Valor exorbitante – A decisão atende à Ação Civil Pública com pedido de tutela provisória de urgência proposta pelo Ministério Público em desfavor do Município de São João Batista, da prefeita do Município, Gilvana Evangelista de Souza, e do Posto Tropical Ltda, em face de contrato firmado entre o Município e o referido posto para aquisição de combustível para os órgãos da administração municipal. De acordo com o autor, “o valor do combustível a ser consumido pela Administração Pública está bem acima da média do valor de mercado de São João dos Patos, no Maranhão e no Brasil”. Nas palavras do MPMA, “outro ponto que causa estranheza é o valor exorbitante do contrato”: R$ 2.382.520,45 (dois milhões, trezentos e oitenta e dois mil, quinhentos e vinte reais e quarenta e cinco centavos). Para o autor, houve a violação de princípios da Administração Pública.

Em manifestação, o posto réu afirmou que os preços praticados são legítimos e informa que aceitou repactuar os mesmos perante a Administração Municipal. Já o Município cita a MP 764/2016, que, segundo o ente municipal, permite ao comerciante cobrar mais caro na hipótese de pagamento a prazo.

Para o juiz, a estipulação de sobrepreço é percebida nos autos. Citando o pregão   do qual foi objeto a licitação, o magistrado ressalta os valores unitários dos combustíveis – gasolina – R$ 4,21  e diesel – R$ 3,29 – bastante superiores aos praticados no mercado local (São João dos Patos) e no Maranhão. Relatório da ANP de síntese de preços praticados (março de 2017) apontam para os maiores valores praticados ao consumidor no Maranhão: R$ 4,00 (quatro reais) para gasolina comum, em Balsas, e R$ 3,36 para o diesel S-10, em Timon, ressalta Raniel.

“Percebe-se que há probabilidade da ocorrência de sobrepreço no litro de combustível estimado e que, por consequência disso, esteja em curso superfaturamento na execução do contrato administrativo de fornecimento de combustíveis, na razão de R$ 0,20 (vinte centavos) por litro adquirido. Assim, é possível enxergar que houve um dimensionamento econômico errado do objeto licitado”, alerta.

Na avaliação do juiz, levando-se em conta o sobrepreço detectado (0,20 centavos) e a quantidade de combustível a ser adquirida no exercício, 489.638 litros de diesel S-10 e 97.001 litros de gasolina comum, chega-se a uma “diferença de R$ 117.327,80 (cento e dezessete mil, trezentos e vinte e sete reais e oitenta centavos) de prejuízos, quando comparado com os preços praticados no mercado local”.

COMENTÁRIOS

Manifestantes ateiam fogo em prédio de Ministério e entram em confronto com a PM

Manifestantes atearam fogo no prédio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em Brasília durante confusão com a Polícia Militar do Distrito Federal. O tumulto ocorre desde o início da tarde desta quarta-feira (24) e se dá em meio a protesto contra o presidente Michel Temer  e contra as reformas defendidas pelo governo. O último boletim divulgado pela PM às 11h30 desta manhã estimava que 25 mil pessoas participam do ato. Os organizadores já falam em mais de 150 mil.

Os confrontos com a polícia tiveram início por volta das 13h, quando um grupo de manifestantes tentou furar o bloqueio feito pelos agentes de segurança nas proximidades da Esplanada dos Ministérios . Os policiais usaram gás de pimenta e bombas para afastar o grupo, que respondeu com o arremesso de paus que até então eram usados como hastes para bandeiras. O número de feridos não foi informado até o momento.

“A polícia se comporta como se fosse uma gangue do Michel Temer jogando bomba em cima das pessoas que vieram se manifestar”, disse Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, em vídeo divulgado pelo movimento Povo sem Medo. “É lamentável a barbárie que está acontecendo.”

O ato desta quarta-feira é organizado por uma série de movimentos sociais, como a Frente Brasil Popular, o movimento Povo sem Medo e a União Nacional de Estudantes (UNE). Também são responsáveis pelos protestos diversas centrais sindicais, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

A polícia empenhou 1.400 agentes no esquema de segurança montado para a manifestação, que conta ainda com 100 policiais civis.

Manifestantes de várias cidades do País partiram em caravana para a capital federal desde a noite de ontem (23). Segundo os organizadores, ao menos 500 ônibus já chegaram a Brasília para o ato, que é organizado desde a última quarta-feira (17), quando surgiram as informações a respeito de gravações envolvendo o presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista, dono da JBS.

As informações são do IG

 

COMENTÁRIOS

Rubens Junior cobra medida provisória para regularizar repasses do Fundeb

O deputado federal e coordenador da bancada do Maranhão no Congresso, Rubens Junior (PCdoB), cobrou, nesta terça-feira (23), no plenário da Câmara, que o Governo Federal edite a medida provisória que regulariza os repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para o estado. “Há rumores que no próximo dia 30 o saque será realizado de uma única vez. É algo que não podemos consentir”, destacou Rubens.

Rubens Junior relembrou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, do compromisso firmado pelo Governo Federal. “Vossa excelência recebeu toda a bancada maranhense para tratar da Portaria que saca dos cofres da educação do Maranhão o valor de R$ 224 milhões em uma única parcela”. A alegação do Governo Federal é que este valor seria referente à devolução de repasses adiantados em dezembro de 2016 ao Estado e municípios.

No encontro realizado no dia 25 de abril, os deputados federais, reunidos com Rodrigo Maia e com os ministros da Educação, Mendonça Filho; e de Governo, Antônio Imbasshay, tiveram a garantia da medida provisória que congela o corte e permite o parcelamento de forma moderada. “Foi uma vitória de toda a bancada, que lutou de forma articulada e unida para proteger os interesses do Maranhão”, comentou Rubens Junior.

Corte causaria grandes danos para o Maranhão

Sobre a devolução de repasses realizados em dezembro de 2016, o coordenador da bancada maranhense na Câmara, Rubens Junior, destacou que a lei deverá ser cumprida, mas com pagamentos de forma diluída e moderada. “O Governo do Estado, quando recebeu o valor a mais, ficou cauteloso, pois sabia que poderia ter uma perda futura. O governador Flávio Dino já estava preparado. Mas isso é uma particularidade da gestão estadual, que está fazendo uma administração austera, preparada para estes momentos”, pontuou.

“Já em relação aos municípios, a regra não vale. Foram as gestões anteriores que receberam o valor, e não tiveram o mesmo comprometimento dos prefeitos recém-eleitos. Muitos gastaram esse recurso, ainda que forma leviana, e outros concederam aumentos. O corte seria prejuízo para essa nova safra de prefeitos. Um verdadeiro caos, que iria sacrificaria a administração de muitas prefeituras no Maranhão”, finalizou.

COMENTÁRIOS

Umbelino Jr quer passagem gratuita para familiares de motoristas e cobradores de transporte coletivo

O Vereador Umbelino Junior apresentou, na manhã da última segunda-feira (22), o Projeto de Lei n 042/2017 que dispõe, no âmbito Municipal de São Luís, a concessão de passagem gratuita aos cônjuges, filhos, companheiros (as) e dependentes dos motoristas e cobradores do transporte coletivo público.

Segundo o parlamentar, a gratuidade no fornecimento de transporte é uma oportunidade de trazer mais dignidade aos familiares dos profissionais que trabalham de forma árdua no setor considerado de alto risco aos motoristas e cobradores, principalmente pelos assaltos e dificuldades encontradas no cotidiano.

O Projeto de Lei prevê que o benefício será concedido ao grupo familiar do funcionário que não ultrapasse renda mensal de 3 salários mínimos e que seus dependentes deverão ser comprovados pelo funcionário através de certidão emitida pelo INSS contendo as informações do cônjuge, companheiro(o) sobre a situação empregatícia e aos filhos com até 18 anos ou em caso de dependência econômica permanente comprovada por meio de documento solicitado pela empresa.

O objetivo da Lei é, portanto, uma forma de concretização do direito social de acesso ao transporte, consagrado pela Carta Magna. Após apresentado, o Projeto foi encaminhado à Comissão de Justiça e Mobilidade Urbana.

COMENTÁRIOS

I Edição do MARIER traz Roberto Cohen para São Luís nos dias 29 e 30 de Maio

São Luís se prepara para receber, nos dias 29 e 30 de Maio, o cerimonialista mais famoso do Brasil: Roberto Cohen, na I Edição do MARIER- Exposições/ Noivos/Eventos.  O profissional virá à capital maranhense para ministrar um Curso de Cerimonial Social para Casamento, voltado para os profissionais de eventos do Maranhão, e uma palestra para os noivos e noivas da cidade.

O MARIER, que foi criado com o intuito de proporcionar eventos exclusivos para network, negócios e festas, tem a marca do cerimonialista e relações públicas Marcelo Claudio Rodrigues, que já atua há mais de 15 anos no mercado de eventos, e terá como palco, os belos espaços do Villa Reale Buffet (na Litorânea e Avenida dos Holandeses, no Calhau). O evento já conta com um grande número de participantes, alem de mais de 60 fornecedores, que irão expor produtos e serviços exclusivos para Casamento.

A abertura da I Edição do MARIER será na segunda-feira (29) de Maio, no Villa Reale da Avenida dos Holandeses, no Calhau, com o Curso de Cerimonial Social para Casamento, a partir das 08h da manhã, ministrado por Roberto Cohen.

Ainda na segunda-feira (29), a partir das 18h, no Villa Reale Buffet da Avenida Litorânea, fornecedores irão expor seus produtos e serviços para casamentos, como Bolo, Doces, Decoração, Buffet, Mimos especiais e personalizados, Mesa posta, Imobiliária, Make e Hair, Cabine de Fotos, Bar de Drinks, Bolo de rolo, Biscoitos finos, Bem casados, Tendas, Projeção mapeada, Catering, Carro da noiva, Picolé e Geladinho alcoólico, entre outros.

Em seguida, a partir das 20h, será a vez de Roberto Cohen ministrar a Palestra especial para Noivos e Noivas, que já está sendo muito aguardada pelos noivos de plantão, também no Villa Reale da Avenida Litorânea.

Já no segundo dia de evento, terça-feira (30), os profissionais de eventos voltam a se encontrar com Roberto Cohen, no Curso de Cerimonial Social. No encerramento, haverá coquetel para os participantes e convidados.

Mais informações com Marcelo Claudio, pelos telefones: (98) 9 8418.0455/ 9 8111.1793/ 9 8728.1126/ 9 9154.3029

Sobre Roberto Cohen:

Roberto Cohen é carioca, nascido em 29 de Julho de 1962. Formado em Odontologia, teve aos poucos sua transição da carreira Biomédica para o Cerimonial. Ao ser chamado por uma grande amiga para ajudar a organizar o casamento dela, se entusiasmou com o mercado de festas e aos poucos sua agenda do consultório foi cedendo aos agendamentos de festas e eventos. Já passaram por suas mãos figuras como, Mirtia Gallotti, Família Frering, Matarazzo, David Azulay (Blue Man), Mary Zaide (Essencial), Geórgia Wortman, Carolina Dieckman, Zeca Pagodinho, Latino, Fátima Bernandes e Willian Bonner, Mário Lúcio Vaz, Marcelo Serrado, Kaká Bueno, entre outros.

Serviço:

O QUÊ: I Edição do MARIER – Exposições/Noivos/Eventos

QUANDO: Dias 29 e 30 de Maio de 2017

LOCAL: Buffet Villa Reale (Avenida Litorânea e dos Holandeses- Calhau)

HORÁRIO: 08H AS 22H.

COMENTÁRIOS