Em entrevista, Sá Marques fala de sua atuação como político e agradece apoio recebido

Em meio a campanha eleitoral que já se iniciou desde ontem (16), o vereador Sá Marques, candidato a deputado federal, concedeu entrevista à Rádio Educadora na manhã desta sexta-feira (17).

Durante o bate-papo, Sá Marques falou sobre sua trajetória de vida, bem como sua atuação no parlamento municipal, onde aproveitou para cobrar novamente do poder executivo municipal, serviços já solicitados na Câmara Municipal, como por exemplo, a parada de ônibus São Judas Tadeu, e a poda de árvore da Avenida São Marçal.

Sá Marques aproveitou para agradecer o apoio que tem recebido para o seu projeto rumo à Câmara Federal, e reiterou seu compromisso com o povo maranhense, caso conquiste uma vaga em Brasília.

Ainda na agenda de campanha de hoje do vereador, reuniões com empresários, lideranças, direção de sindicato e professores.

 

COMENTÁRIOS

Notinhas da tarde!

Deputado e “Vice”?

O deputado estadual e candidato à reeleição, Fábio Braga, inovou no seu santinho de campanha este ano. O parlamentar colocou a foto da sua esposa, Elizabeth Fecury, ao lado da sua. Muitas pessoas não entenderam o motivo da foto. Em contato com o Blog, Braga disse que, com a figura da digníssima em seu santinho, a estratégia visa pedir mais votos, uma espécie de “ajuda” para angariar mais eleitores. Então tá!

Vacinação Sarampo e Poliomielite

Neste sábado (18), a Associação Casa de Lili, no João Paulo, vai abrir suas portas para a Campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite. Todas as crianças com idade entre um ano e menores de 5 anos, devem receber as doses, independentemente de sua situação vacinal. A campanha segue até 31 de agosto. Até o momento, foram confirmadas no Brasil seis mortes por sarampo, sendo quatro em Roraima (três em estrangeiros e um em brasileiro) e dois no Amazonas (brasileiros).

Repasse FPM de Agosto menor

O segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será transferido aos cofres municipais na próxima segunda-feira, 20 de agosto. Pelos cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o montante de R$ 587 milhões será menor que o valor repassado no mesmo decêndio de 2017, considerando a retenção – direto na fonte – do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Cunha e Lula

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ), preso em desde outubro de 2016 na Operação Lava Jato, divulgou “carta à nação” em que defende o direito de o ex-presidente Lula disputar a eleição de outubro e diz que é, a exemplo do petista, um “troféu político da República de Curitiba”. Cunha afirma que foi condenado sem provas, “baseado exclusivamente na palavra de um delator que ‘ouviu dizer’”, e que é vítima de “arbitrariedades” da Justiça e de uma “perseguição” por ter sido o responsável pelo impeachment da ex-presidente Dilma.

Nas mãos de Barroso 

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, decidiu que o ministro Luís Roberto Barroso, será o relator do pedido de registro de candidatura do ex-presidente Lula, e das impugnações contra a candidatura. A decisão da ministra foi necessária após o ministro Barroso pedir à presidência do TSE que avaliasse se o registro para concorrer nas eleições de outubro e as impugnações deviam ter o mesmo relator. Os advogados do PT também pediram que o caso fosse esclarecido.

Manoel Ribeiro na área

Mais uma figura conhecida da política maranhense vai tentar retornar à vida pública. Trata-se do ex deputado e ex presidente da Assembleia Legislativa por longos anos, Manoel Ribeiro. O empresário reuniu, na noite desta quinta-feira (16), amigos e correligionários para lançar sua candidatura e inaugurar seu Comitê central. Manoel Ribeiro disputará uma cadeira na Al pelo PRB.

 

COMENTÁRIOS

Júnior Verde busca ampliar regularização fundiária no Maranhão

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) participou na última quarta-feira (15), de uma reunião técnica que teve o objetivo de buscar a ampliação da regularização fundiária no Maranhão por meio de um Termo de Cooperação. O encontro teve a participação do diretor do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), Joseil Ferreira, do técnico do Instituto de Terras do Maranhão (Iterma), Raimundo Filho, e do representante do programa Terra Legal (INCRA), Saller Trovão.

“Defendemos o trabalhador e acreditamos que a regularização fundiária ajudará a fortalecer o produtor rural do nosso estado. Esse Termo de Cooperação entre os órgãos ajudará a definir e a regularizar as terras que contribuem para o crescimento da economia no Maranhão”, ressaltou deputado, que é candidato a reeleição.

O Imesc tem estudos e projetos voltados à identificação e delimitação dos limites territoriais no Maranhão. O material será utilizado na construção do Termo de Cooperação que delimitará as terras dos produtores rurais ao longo do Estado.

“O momento é muito importante porque parte da iniciativa dos três órgãos que têm interesse de fazer o perfil do assentado, não só na questão física quanto no meio social-econômico, para que esses beneficiários consigam se identificar como cidadão”, destacou Joseil Ferreira, que pontuou ainda o fato de a iniciativa ser capitaneada pelo parlamentar.

Uma das frentes de trabalho de Júnior Verde desde o início do mandato é o fortalecimento do trabalhador rural e o candidato não tem medido esforços para que esse segmento tenha qualidade de vida.

“Vamos utilizar os trabalhos e análises feitas pelo Imesc para acelerar os processo da regularização fundiária e da obtenção dos títulos das terras no nosso estado, fazendo assim com que as famílias conquistem seus títulos mais rapidamente”, garantiu Raimundo Filho  durante a reunião.

O encontro contou ainda com a presença do pesquisador do Departamento de Estudos Territoriais do Imesc, Getúlio Martins; o assessor jurídico George Adriano; e o diretor de Assentamento e Desenvolvimento Rural do Iterma, Rener Santos.

“Esse encontro orquestrado pelo deputado estadual Júnior Verde é muito importante porque nos ajuda a identificar quem de fato é beneficiário dos programas do governo e contribui para a fortalecimento do identidade do trabalhador rural no nosso estado”, reiterou Saller Trovão.

COMENTÁRIOS

Bom Jardim: Ministério Público solicita interdição de hospital municipal

Devido a diversas irregularidades estruturais constatadas no Hospital Municipal Aldroaldo Alves Matos, o Ministério Público do Maranhão propôs, em 10 de agosto, Ação Civil Pública, contra o Município de Bom Jardim, solicitando, como medida liminar, a interdição total da unidade, até o cumprimento de todas as 64 exigências sanitárias determinadas pela Superintendência de Vigilância Sanitária. A manifestação ministerial foi ajuizada pelo promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira.

IRREGULARIDADES

Em 2015, o MPMA instaurou inquérito civil para investigar irregularidades na prestação de serviços de saúde pelo Município, especialmente a respeito da carência de médicos, demais profissionais de saúde e sobre as péssimas condições físicas e estruturais do Hospital Municipal Aldroaldo Alves Matos.

Uma vistoria da Vigilância Sanitária Estadual, requisitada pelo MPMA, realizada 26 de maio de 2017, confirmou as precárias condições estruturais, higiênicas e sanitárias do estabelecimento. Diante do quadro, o órgão elaborou uma lista de 64 exigências a serem cumpridas pelo Município de Bom Jardim. Também foi assinado auto de infração advertindo o Município que o descumprimento de algum item acarretaria em penalidades previstas na Lei Complementar Estadual nº 039/98.

Entre os problemas apontados constam vazamentos hidráulicos, salas sem ventilação, infiltrações, mofo nas paredes e forros, mesas e armários enferrujados e salas sem climatização adequada.

Em 11 de abril de 2018, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bom Jardim (Sinserp) protocolou ofício narrando que tanto no referido hospital quanto nos postos de saúde faltam materiais básicos como aparelhos para aferir pressão arterial, curativos, gases, fitas para verificar índice de glicemia, lâmpadas, soro fisiológico e roupas cirúrgicas.

A Promotoria de Justiça da Comarca de Bom Jardim, no dia 17 de abril, reiterou pedido de informações à Prefeitura sobre as medidas adotadas para sanar as irregularidades. O prefeito de Bom Jardim, Francisco Alves de Araújo, afirmou que tinha regularizado 30 das exigências da Vigilância e que estava se esforçando para sanar outros 19 problemas apontados no relatório.

Uma diligência efetuada pelo MPMA constatou que não constavam solucionadas muitas das exigências que a Prefeitura assegurou ter resolvido.

“O reiterado descaso do Município em solucionar as gravíssimas irregularidades sanitárias encontradas no Hospital Municipal Aldroaldo Alves Matos é fruto de total desrespeito aos pacientes do SUS que procuram o local em situações de urgência e emergência”, frisou, na ação, o promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira.

PEDIDOS

Também foi requerido que o Município de Bom Jardim cumpra, no prazo de 180 dias, as exigências determinadas pela Vigilância Sanitária Estadual, consistentes na manutenção das instalações do hospital, procedendo com as imediatas reformas e adaptações imprescindíveis para seu adequado funcionamento, sanando todas as irregularidades apontadas no relatório de inspeção sanitária ou que seja construído um novo hospital no município

Outro pedido é referente ao condicionamento da renovação do alvará de autorização sanitária do hospital, mediante comprovação pela Superintendência de Vigilância, por meio de inspeção, da correção de todas as irregularidades verificadas.

Em caso de descumprimento, foi sugerido o pagamento de multa diária no valor de R$ 5 mil.

COMENTÁRIOS

Absurdo: Enfermeira atropela covardemente dois cães em São Luís; Dona disse que vai processá-la

Um vídeo com requintes de crueldade começou a circular na manhã desta quinta-feira (16), em São Luís e deixou todos chocados. Trata-se de uma enfermeira, que a Polícia já identificou como Ana Giselly Ferreira Atan, que aparece atropelando covardemente dois cachorros, sem dó nem piedade. O crime aconteceu na última terça-feira (14), no Residencial Pinheiros. As cenas são chocantes.

O ato brutal logo ganhou as redes, onde mostra claramente que a intenção da condutora era matar os dois cachorros da raça Pastor Alemão, que atendiam pelos nomes de Duquesa e Pepe.

O veículo que Giselly trafegava era um Honda HRV, cor prata de placa PSV-9431. Após o atropelamento, os dois cachorros foram encaminhados ao veterinário. Pepe sobreviveu, mas ainda está mancando,  já Duquesa, não resistiu e morreu.

A dona dos cachorros, Leila Cristina, contou que na tarde da última terça-feira (14), aconteceu uma tentativa de roubo em sua casa, e Pepe e Duquesa fugiram após o ladrão perceber a presença dos cachorros e deixar o portão aberto.

Ambos tinham placas de identificação e são castrados. Recebi uma ligação dizendo que estavam com o Pepe. Perguntei sobre a Duquesa e me disseram que ela estava morta. Quando foi hoje de manhã vi meus amigos mandado mensagem e o vídeo do atropelamento dos meus cachorros. Ela atropelou meus cachorros a sangue frio”, desabafou Leila Cristina.

No Maranhão, a OAB, através da Comissão de Defesa e Proteção dos Animais, e o COREN (Conselho Regional de Enfermagem) se manifestaram publicamente, lamentando o episódio.

NOTA PÚBLICA

O Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA) vem através da presente nota esclarecer:

1 – Que repudia veemente o ato supostamente praticado pela profissional inscrita nesse Conselho onde ocasionou o atropelamento de dois cachorros em via pública, no dia 14 de agosto de 2018, conforme imagens divulgadas em redes sociais.

2 – Ato contínuo, informamos que iremos tomar as providências cabíveis em face a profissional envolvida no presente caso;

3 – Por fim, estaremos aguardando os desdobramentos do caso e acompanhando o trabalho das autoridades competentes para auxiliar no que for cabível.

A defensora dos animais número 1 do Brasil, Luísa Mell, já se manifestou sobre o caso e conversou com a dona dos cachorros. Veja abaixo o post na internet:

COMENTÁRIOS

TSE registra mais de 23 mil candidaturas

Mais de 23 mil candidatos a presidente, governador, senador e deputado federal, estadual e distrital vão disputar os votos de 147,3 milhões de eleitores brasileiros, segundo dados disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Encerrado o prazo para registrar as candidaturas, 13 nomes se apresentaram para disputar o Palácio do Planalto em outubro.

Para governador, segundo a última atualização do Sistema de Divulgação de Candidaturas e de Prestação de Contas, 171 candidatos pediram registro. Desses, 17 disputam a reeleição. O Psol foi o partido que lançou o maior número de candidatos a governador, seguido do PSTU e do PT.

O TSE contabiliza até agora 6.982 candidatos para disputar as 513 vagas de deputado federal. Para deputado estadual e distrital, são 15.605 concorrentes a 1.059 vagas nas assembleias legislativas e na Câmara Legislativa do Distrito Federal. Mais 295 concorrem a 54 cadeiras no Senado.

Considerando o total de 23.812 candidatos a todos os cargos em disputa nas eleições de outubro, o PSL, do candidato a presidente Jair Bolsonaro, foi o partido que apresentou o maior número de concorrentes (1.259), seguido do Psol (1.201), do PT (1.075) e do MDB (1.009). Desse contingente, 30,6% são mulheres, cumprindo a meta prevista na legislação.

Quase a metade dos candidatos têm ensino superior e 55% são casados. A maioria tem entre 35 e 59 anos de idade, mas há 50 candidatos na faixa de 80 a 84 anos.

O total de candidatos em 2018 é menor que o registrado em 2014 (26.162). Os dados podem sofrer ajustes conforme a Justiça e Pleitoral vá julgando os pedidos de registro.

COMENTÁRIOS

Eleições 2018: Confira agenda do candidato Flávio Dino para esta semana

Acompanhe a agenda do Governador Flávio Dino do dia 16 ao dia 19 de Agosto:

Dia 16

18h- Caminhada na Raposa
Concentração: Praça Chico Noca

Dia 17

17h – Caminhada em Imperatriz
Concentração: Praça de Fátima

20h – Reunião em João Lisboa

Dia 18

8h30 – Carreata em Santa Luzia

11h30 – Reunião em Pindaré – Mirim

15h30- Carreata em Santa Inês

18h – Carreata em Igarapé do Meio

20h – Caminhada em Monção

Dia 19

8h30 – Carreata em Bacabal

COMENTÁRIOS

Saiba o patrimônio declarado de cada candidato ao Senado Federal; Lobão é o mais rico

Nestas eleições de 2018, o Maranhão terá 10 (dez) candidatos ao Senado Federal. São eles: Edson Lobão (MDB), Weverton Rocha (PDT), Alexandre Almeida (PSDB), Sarney Filho (PV), Eliziane Gama (PPS), José Reinaldo Tavares (PSDB), Preta Lu (PSTU), Saulo Pinto (PSOL) e Iêgo Brunno (PCB). Alguns, figurinhas carimbadas na nossa política maranhense, outros nem tanto.

O certo, é que existem apenas duas vagas para serem preenchidas. Todos já registraram suas candidaturas, onde ainda aguardam julgamento.

Agora, vamos aos patrimônios declarados pelos candidatos:

Edson Lobão, ex- governador, ex ministro das Minas e Energia, e atualmente senador, que tenta a reeleição, declarou um patrimônio de R$8.632.545,69. 

Sarney Filho, ex-ministro do Meio Ambiente e deputado federal de vários mandatos, finalmente se decidiu e também concorrerá ao cargo de senador, declarou a bagatela de R$6.163.599,06.

Alexandre Almeida, que atualmente exerce o cargo de deputado estadual e será candidato ao Senado pela primeira vez, declarou possuir R$1.317.209,38.

Eliziane Gama, que já foi deputada estadual e atualmente é deputada federal e provavelmente ficará sem mandato, é outra postulante ao cargo. Declarou bens no valor de R$690.000,00.

Weverton Rocha, que também é deputado federal e sonha conquistar uma vaga no Senado Federal, é o candidato do PDT e conta com forte apoio do Governador Flávio Dino. Rocha declarou possuir bens no valor de R$2.468.312,29.

Saulo Arcangeli, também candidato pelo PSTU, declarou bens no valor de R$458.000,00.

Já o ex governador José Reinaldo Tavares, chegou perto da sua colega de parlamento Eliziane, e declarou apenas R$599.661,57 em bens.

O técnico judiciário Iêgo Brunno, candidato pelo PCB, é um dos mais humildes. Declarou possuir R$250.000,00 em bens.

Luciana Costa Correa, que concorrerá com o nome de Preta Lu, candidatada pelo PSTU, não declarou nenhum bem em seu nome.

E por último, Saulo Pinto, candidato do PSOL, que declarou ter um patrimônio de R$59.517,00.

COMENTÁRIOS

Justiça pede bloqueio de bens de Ex-Prefeito de Lagoa do Mato

Atendendo a pedido formulado pela Promotoria de Justiça de Passagem Franca, a Justiça determinou, em 1° de agosto, o bloqueio e indisponibilidade dos bens de Aluízio Coelho Duarte (foto), ex-prefeito de Lagoa do Mato (termo judiciário da comarca). A decisão é da juíza Arianna Rodrigues de Carvalho Saraiva. A Ação Civil Pública (ACP) do Ministério Público do Maranhão refere-se a irregularidades encontradas na prestação de contas do Município relativa ao exercício financeiro de 2009.

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) julgou irregulares as contas do município de Lagoa do Mato em 2009 por conta de uma série de problemas como o não encaminhamento de processos licitatórios e de dispensa de licitação, contratação de advogado sem prévia licitação ou inexigibilidade (o valor pago foi superior a R$ 94 mil), prestação de contas incompleta e não recolhimento de contribuições previdenciárias.

O TCE-MA condenou Aluízio Duarte ao pagamento de R$ 1.587.900,00 por conta da não contabilização de transferência de recursos de convênios. O gestor informou a transferência de R$ 1.275.771,00. O valor apurado pela corte de contas, no entanto foi de R$ 2.863.671,00, uma diferença de quase R$ 1,6 milhão.

Além da indisponibilidade dos bens do ex-gestor, a ACP proposta pelo promotor de justiça Carlos Allan da Costa Siqueira, em outubro de 2017, requer a condenação de Aluízio Coelho Duarte por improbidade administrativa. As penalidades previstas são o ressarcimento do dano ao erário, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco a oito anos, pagamento de multa de até duas vezes o valor do dado e a proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público, mesmo que por meio de empresa da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

COMENTÁRIOS

Dia dos Pais: Mais de 30 detentos não retornam às penitenciárias do Maranhão após saída temporária

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou na quarta-feira (15), que dos 616 internos do sistema prisional beneficiados com a saída temporária do Dia dos Pais 581 retornaram e 35 não cumpriram o prazo de retorno no Maranhão.

Os presos foram beneficiados pela saída na manhã do dia oito de agosto de deveriam retornar às penitenciárias às 18h da terça-feira (14). O período de saída, que é determinado por meio das Portarias Nº 026 e 027/2018, prevê pena de regressão de regime para os internos que não cumprirem a determinação.

Lei de Execuções Penais

A Saída Temporária é uma previsão da Lei de Execuções Penais, que estabelece os requisitos para concessão do benefício nos artigos 122 e 123. Antes da saída, os beneficiados são submetidos à reunião de advertência, esclarecimentos complementares e assinatura do termo de compromisso. Apenas os apenados do regime semiaberto são beneficiados com essas saídas.

O regime semiaberto destina-se para condenações entre quatro e oito anos, não sendo caso de reincidência. Nesse regime de cumprimento de pena, a lei garante ao recuperando o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, devendo retornar à unidade penitenciária à noite.

G1 Maranhão

COMENTÁRIOS