Comunidade acadêmica prestigia lançamento das obras de reforma da UemaSul

As obras de reforma da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul) já foram lançadas. A ideia é readequar a estrutura física da unidade para possibilitar condições de ensino e aprendizagem até que o novo prédio seja construído.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), fará reparos na instalação elétrica, hidráulica, piso, forro, revestimentos de parede e o melhoramento da fachada. Além disso, o espaço receberá as adequações necessárias para garantir maior acessibilidade para pessoas com deficiência.

A obra deve começar na próxima semana, com previsão de término da parte mais emergencial para o início de março. “Vamos fazer uma reforma completa, a altura do corpo acadêmico da Uemasul. Este prédio tem 2 mil m² de área construída, é grande, mas vamos fazer de uma forma que não atrapalhe o calendário letivo”, informou o secretário da Sinfra, Clayton Noleto.

As instalações físicas da Uemasul foram construídas por volta da década de 70. Desde então, as únicas intervenções estruturantes aconteceram em 2006 e 2013, quando foram construídos anexos.

A reforma, baseada em um levantamento feito a partir dos apontamentos feitos pela comunidade acadêmica, contempla uma necessidade de dois mil alunos e quase 200 professores. “Clayton Noleto esteve aqui, nos ouviu e agora voltou para cumprir a promessa da reforma, que para gente representa a concretização de uma luta de décadas”, disse a estudante Walquiria Lima.

Para a reitora da Uemasul, Elizabeth Nunes Ramos, este é o primeiro passo de muitos outros que virão. “Este é um sonho realizado e é apenas o pontapé inicial de muitas coisas boas que virão para a construção da Uemasul”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *