Em entrevista à TV Assembleia, secretário Carlos Lula destaca importância da Casa de Apoio Ninar

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, concedeu entrevista, nesta sexta-feira (5), ao telejornal “Portal da Assembleia”, no quadro “Sala de Entrevista”, apresentado pelo jornalista Juraci Filho, da TV Assembleia. Ele destacou a importância da Casa de Apoio Ninar, que está completando dois anos de atendimento à população.

Durante a entrevista, o secretário Carlos Lula falou sobre a nova funcionalidade atribuída à antiga Casa de Veraneio do Governador, localizada na Praia de São Marcos. O imóvel, instalado em um terreno com 6.680,45m², sedia o projeto pioneiro Casa de Apoio Ninar, que amplia o atendimento realizado no Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar), em São Luís.

“A Casa de Apoio Ninar nunca deixou de me emocionar. Todas as vezes que eu vou à Casa, que tenho oportunidade de falar com as famílias, de falar com quem é atendido, é algo que nunca deixa de emocionar a gente. Porque, de algum modo, são famílias que não desistiram de seus filhos. São pais e mães que não desistiram daquelas vidas. São crianças que foram acometidas de doenças graves, mas nem por isso se desistiu delas”, afirmou Carlos Lula.

Inaugurada pelo governador Flávio Dino, no dia 4 de julho de 2017, a Casa de Apoio Ninar, assinalou o secretário de Estado da Saúde, transformou um local, que era conhecido como local de privilégios, para um local de concessão de direitos. Ao todo, 58 multiprofissionais garantem aproximadamente 1.263 atendimentos por mês, distribuídos em 1.560 horas de estímulo às crianças com problemas de neurodesenvolvimento.

“A gente fica muito feliz quando vê que o local está se destinando ao que a gente tem de mais caro, que são exatamente as nossas crianças. O que a gente concede ali para as pessoas, na Casa de Apoio Ninar, não é nada mais nada menos do que direitos. É muito simbólico quando há, ali, uma mãe que chega, por exemplo, com um filho que contraiu zika e ela vai passar uma temporada na Casa Ninar e vai dormir onde outrora dormia o governador do Estado”, frisou o secretário Carlos Lula.

Investimentos

Ele explicou que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) investe mais de R$ 190 mil por mês nos recursos humanos que trabalham na Casa. Neste local, são oferecidos serviços de hospedagem e alimentação gratuitos nos dias de acompanhamento no Ninar; oficinas, cursos e palestras aos familiares e profissionais das crianças em tratamento.

O equipamento dispõe de um espaço de participação e integração entre os usuários da Casa de Apoio. A Casa atende tanto crianças e acompanhantes em tratamento no Ninar, que são de outros municípios, como os que moram em localidades afastadas em São Luís.

No imóvel foram construídos cinco consultórios para atendimento multiprofissional com uma equipe composta por médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas, assistentes sociais, nutricionistas, farmacêuticos, educadores físicos, enfermeiros, psicólogos e psicopedagogos.

A Casa conta, ainda, com cozinha, refeitório, sala de atividade em grupo, auditório, seis dormitórios e quadra para atividades lúdicas. O imóvel tem capacidade para abrigar 11 adultos e 9 crianças por vez.

Deixe uma resposta