Pré-candidata ao Governo do Maranhão, Maura Jorge é denunciada pela PRE por propaganda antecipada

A Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE/MA), por meio do procurador regional eleitoral substituto, Juraci Guimarães Júnior, encaminhou ao Tribunal Regional Eleitoral no Estado (TRE-MA) representação contra Maura Jorge de Alves Ribeiro, pré-candidata à eleição para o Governo do Maranhão, em 2018. Ela é acusada de realizar propaganda eleitoral antes do prazo, violando o artigo 2º da Resolução TSE nº 23.551/2017, que diz que “a propaganda eleitoral só é permitida após o dia 16 de agosto do ano da eleição”.

Para o Ministério Público Eleitoral, Maura Jorge fez propaganda eleitoral antecipada por meio de outdoor localizado em São Luís (MA), na Avenida dos Holandeses, local de grande circulação na cidade, o que é vedado pela legislação eleitoral. Foi constatado, desde 9 de abril de 2018, que o outdoor apresenta a imagem da pré-candidata ao governo do estado ao lado do pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro, com os seguintes dizeres “Unidos somos mais fortes”.

Segundo o procurador Juraci Guimarães Júnior, “é importante contextualizar essa propaganda eleitoral antecipada por meio de outdoor no conjunto de outras ações, como vídeos veiculados na internet, que demonstram a intenção de Maura Jorge de Alves Ribeiro de levar ao conhecimento geral sua candidatura e o apoio do pré-candidato à presidência, Jair Bolsonaro”, disse.

O Ministério Público Eleitoral requer que o outdoor seja imediatamente retirado, bem como qualquer outro presente no estado do Maranhão, e o pagamento de multa prevista no artigo 4º da Resolução TSE nº 23.551/2017, entre R$ 5.000,00 e R$ 20.000,00.

COMENTÁRIOS

Governo entrega novo prédio da Superintendência de Homicídios para reforçar combate ao crime

O vice-governador Carlos Brandão inaugurou nesta segunda-feira (16) a nova sede da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), na Avenida Beira Mar, Centro de São Luís. A estrutura passa a funcionar no antigo prédio da Delegacia Especial da Mulher e tem a finalidade de reforçar o combate aos crimes contra a vida.

Para o vice-governador, os avanços não se resumem somente às estruturas físicas que vêm sendo inauguradas desde o início da gestão do governador Flávio Dino. “Os resultados estão vindo com toda uma série de aparelhamento das polícias, Civil e Militar, com o melhoramento do efetivo, por meio dos concursos das polícias, e com as promoções que estavam represadas, além da aquisição de cerca de mil viaturas”, destacou.

Carlos Brandão reitera que todo o investimento realizado na área de segurança alcançou a redução na criminalidade no Estado. Ele enfatiza a retirada de São Luís da lista das 50 cidades com maiores índices de violência no mundo. “Hoje inauguramos mais um prédio que passa atender com conforto e segurança. Tudo isso graças a esse apoio que o Governo tem dado à Segurança Pública do nosso Estado. Estamos vivendo um momento histórico no Governo, trazendo indicadores melhores para a segurança estadual”, concluiu.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, disse que o Governo do Maranhão segue uma política de gestão e segurança com eficiência e qualidade, por meio da aquisição do prédio que passa ser a sede da Superintendência de Homicídios. “Temos um prédio que possibilita que a Delegacia Geral continue com o trabalho técnico da elucidação da autoria dos homicídios e da captura de autores de homicídios. É um prédio estruturado que permite o planejamento e a execução dos atos de controle de crimes”, pontua.

Mais estrutura

A nova sede da Superintendência conta com estrutura bem mais dividida entre áreas e departamentos de investigação. Ele agrega os Departamentos de Homicídios da Capital e do Interior, de Proteção à Pessoa e de Feminicídio. No total, 15 delegados atendem as demandas da comunidade maranhense na superintendência. “É um ambiente mais próximo da comunidade e com uma estrutura com muito conforto. Estamos disponibilizando equipes de policiais 24 horas e sete dias por semana”, alerta o delegado titular e superintendente de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), Lúcio Reis.

Integradas ao trabalho da superintendência estão ainda as delegacias de Polícia Civil nos municípios; o Instituto de Polícia Científica (IPC); quatro áreas de atuação com as delegacias Norte, Sul, Leste e Oeste; o Núcleo de Inteligência; e a Delegacia de Plantão, funcionando 24 horas e atendendo os municípios da Região Metropolitana de São Luís nestes casos.

A investigação homicídios foi especializada com a criação da SHPP, em 2015, primeiro ano da gestão Flávio Dino, e é uma das importantes estruturas que qualificam a investigação de crimes violentos. Além da capital, a SHPP tem base nas cidades de Imperatriz, Timon e Caxias, atendendo estas áreas e regiões adjacentes.

COMENTÁRIOS

Luís Vannucci anuncia saída do Ministério do Turismo para disputar vaga no Congresso Nacional

O advogado maranhense e assessor especial do Ministério do Turismo, Luís Vannucci, anunciou por meio de suas redes sociais, a sua saída do Ministério do Turismo (MTur) para disputar uma cadeira da bancada maranhense no Congresso Nacional.

Recentemente filiado ao Partido Social Liberal (PSL), com o apoio da pré-candidata ao Governo do Estado, Maura Jorge, Luís Vannucci tem se reunido com lideranças promissoras e consolidadas de várias regiões do Estado, ouvindo os anseios dos mais diversos segmentos e reafirmando seu compromisso em lutar pela reconstrução do Maranhão.

No vídeo divulgado em suas redes, o pré-candidato relata que nos últimos anos tem contribuído por meio de projetos importantes para o desenvolvimento do país e do Maranhão junto ao Ministério do Turismo, mas decidiu deixar o cargo para poder ficar mais próximo dos maranhenses e acompanhar de perto os anseios da população. “Como todo bom cidadão que sonha em servir a sua gente, tomei a decisão de sair do Ministério do Turismo para ficar ‘cara a cara’ com o povo e entender melhor a necessidade de todos”, declarou Vannucci.

Sobre Luís Vannucci:

Natural de São Luís, Vannucci começou a trabalhar nos bastidores da política local aos 18 anos. Aos 23 anos, seguiu para Brasília, onde também assumiu o cargo de assessor da Secretaria de Governo da Presidência da República.

COMENTÁRIOS

STF julga se põe Aécio no banco dos réus por R$ 2 mi de Joesley nesta terça-feira (17)

A primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), composta pelos ministros Alexandre de Moraes, Marco Aurélio Mello, Luiz Fux, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso, julga nesta terça-feira (17/4), se recebe a denúncia oferecida pela Procuradoria-geral da República (PGR) contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pelos supostos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça, instaurado em maio de 2017, com base na delação da JBS.

O relator do inquérito é Marco Aurélio e a defesa do senador tem a expectativa de que a denúncia seja rejeitada pela Corte. Aécio aparece em uma gravação em que pede R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos donos da J&F, que administra a JBS, sob a justificativa de que precisava pagar despesas com sua defesa na Lava-Jato.

Nesse inquérito, também são investigados a irmã do senador, Andréa Neves, seu primo Frederico Pacheco de Medeiros e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella (MDB-MG).

Na conversa gravada entre Joesley e Aécio, base para a denúncia, eles acertam o pagamento dos R$ 2 milhões em quatro parcelas de R$ 500 mil. Aécio enviou o primo, Fred, e disse: “Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara”.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, acusou Aécio de usar o cargo para atingir “objetivos espúrios” ao pedir o recebimento da denúncia, que havia sido feita pelo seu antecessor, Rodrigo Janot.

“O teor das articulações de Aécio Neves, obtidas por meio das interceptações telefônicas, ilustra de forma indubitável que a conduta do acusado, que procurou de todas as formas que estavam ao seu alcance livrar a si mesmo e a seus colegas das investigações, não se cuidou de legítimo exercício da atividade parlamentar. Ao contrário, o senador vilipendiou de forma decisiva o escopo de um mandato eletivo e não poupou esforços para, valendo-se do cargo público, atingir seus objetivos espúrios”, afirmou Raquel Dodge.

Defesa

Procurado pela reportagem, o advogado Alberto Zacharias Toron, que defende o senador tucano, foi sucinto. “Nós não temos sinalização de como a Turma irá julgar, mas a expectativa é de ser rejeitado.”

Correio Braziliense

COMENTÁRIOS

Bancada do Maranhão elege deputada Luana Costa como nova coordenadora e Rubens Júnior faz balanço de sua liderança

A bancada do Maranhão no Congresso Nacional, composta por 18 deputados federais e três senadores, realizou na última quarta-feira (11), eleição para escolha para a nova coordenação. Em uma votação acirrada, a deputada Luana Costa (PSC) foi eleita com 11 votos, contra 10 votos do deputado Cleber Verde (PRB).

“Diferente do passado, a atual legislatura privilegia a gestão democrática. Defendemos desde sempre a alternância da liderança. Sendo assim, não há vencedores e vencidos, todos nós trabalhamos juntos em prol do Maranhão”, disse o deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB), ao passar a coordenação para a recém-eleita.

Ao se despedir da liderança da bancada, Rubens Júnior falou sobre a satisfação de ter essa experiência já em seu primeiro mandato como deputado federal, e destacou que, durante sua coordenação, as querelas eleitorais foram deixadas de lado em prol do objetivo maior. “Desde o primeiro dia à frente da Bancada, tive a tarefa de unir os colegas para fortalecer a representação do Estado no parlamento. E foi isso o que aconteceu, a começar pela liberação de verbas federais para importantes obras no estado”, disse.

A deputada Luana Costa falou sobre espírito da unidade da Bancada e citou como exemplo a atuação do deputado Rubens Júnior. “É um fato histórico uma mulher ser candidata e ser eleita para coordenar. Coloco-me à disposição para ajudar o nosso estado”, finalizou a parlamentar.

Coordenação de resultados

A coordenação do deputado Rubens Júnior foi marcada por importantes avanços. “Foi desafiante, mas também uma honra exercer essa atividade, para a qual tive o apoio dos demais deputados e senadores, e também da população. Ampliamos o diálogo em todas as esferas e reforçamos o entendimento de que é possível unir forças para garantir um Maranhão melhor e mais justo para todos”, disse o Rubens.

Entre os principais resultados, destacam-se:

Garantia de R$ 100 milhões para rodovias federais no Maranhão (BRs 135, 010 e 226)

Foram R$ 100 milhões garantidos junto ao Governo Federal para duplicação da BR-135 (conhecida como a Rodovia da Morte); BR-010 (Travessia Urbana de Imperatriz), além da pavimentação de trecho da BR-226 (Presidente Dutra até Timon).

Conclusão da primeira etapa da BR-135 (Campo de Perizes) e Início do asfaltamento da BR-226 (Presidente Dutra até Timon)

Durante a gestão, após muita fiscalização e cobrança junto aos órgãos e empresas contratadas, foi concluída a primeira etapa da BR-135 (Campo de Perizes), e iniciado o asfaltamento da BR-226. A bancada também garantiu, em 2017, os recursos e contratos para a execução das duplicações dos trechos II e III da BR-135, que vão de Bacabeira até Entroncamento, e Entroncamento até Miranda, respectivamente.

Garantia de R$ 49 milhões para a saúde por meio do Governo do Maranhão

Outro resultado de extrema importância refere-se aos investimentos em saúde. Pela primeira vez, a Bancada destinou emenda impositiva para auxiliar o Governo do Maranhão em melhorias nessa área. Serão R$ 49 milhões que beneficiarão diversos municípios. Este foi um pleito dos prefeitos, prontamente atendido por nós e pelo governador Flávio Dino.

Patrulhas mecanizadas para 32 municípios maranhenses

A atuação conjunta da Bancada também foi crucial para que 32 municípios maranhenses recebessem patrulhas mecanizadas, também por meio do Governo do Maranhão. Entre os equipamentos, foram entregues tratores, carretas agrícolas, grades aradoras, plantadeiras de mandioca e roçadeiras hidráulicas. Os kits potencializam o trabalho dos agricultores no preparo do solo, plantio e agilidade na colheita.

Luta para reverter corte de R$ 224 milhões de recursos para educação

Ao privilegiar o diálogo e a interlocução com os mais diferentes segmentos, a bancada contribuiu para que o Maranhão não sofresse tanto com a diminuição de investimentos por parte do Governo Federal. “Passamos por cima de querelas partidárias em prol de um único propósito: lutar pelos interesses do nosso povo. Batalhamos para reverter o corte de R$ 224 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para o Maranhão”, disse o deputado.

Garantia de R$ 15 milhões para obras no Centro Histórico de São Luís

Marchando unida, a bancada garantiu o descontingenciamento de outros R$ 15 milhões para continuidade das obras realizadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em São Luís.

Foi iniciada a tão esperada obra da Rua Grande, que inclui também a Praça Deodoro. Um grande sonho da capital do Maranhão, que é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade, pela Unesco. Também foram retomadas obras dos teatros Arthur Azevedo e João do Vale, Museu de Artes Visuais, Fórum Universitário, Jucema e Palácio das Lágrimas.

Nova distribuição de Imposto sobre Serviços (ISS) para municípios

Dentro do parlamento, ao longo deste período, em diversas votações a Bancada marchou unida. “Entre elas, destaco a votação em unanimidade pela derrubada de trechos vetados pelo presidente Michel Temer da Lei de Reforma do Imposto sobre Serviços (ISS). Para o Maranhão, a medida permitirá uma redistribuição anual de R$ 70 milhões para os municípios”, relembrou o deputado.

Luta contra fechamento de zonas eleitorais

Junto ao Poder Judiciário, os parlamentares batalharam para reverter a extinção de zonas eleitorais no Maranhão. “Inicialmente, corríamos o risco de perder 27 zonas eleitorais. A partir dos argumentos fundamentados com o apoio da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM), Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), e Procuradoria Geral de Justiça do Ministério Público do Maranhão, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recuou”, finalizou.

COMENTÁRIOS

Santo Amaro: Ex-prefeito é condenado por irregularidades na prestação de contas

O juiz Raphael de Jesus Serra Amorim, titular de Humberto de Campos, proferiu sentença que condena o ex-prefeito de Santo Amaro, Francisco Lisboa da Silva (foto), às penalidades de ressarcimento integral do cano causado ao erário, no valor de R$ 137.821,09 mil; Suspensão dos direitos políticos por 5 anos; Pagamento de multa civil no valor de R$ 137. 821,09 mil; proibição de contratar com o poder público, bem como receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 5 anos.

Conforme a sentença, o ex-gestor é acusado de irregularidades no exercício financeiro do ano de 2007, entre as quais ausência de documentos e despesas realizadas sem o devido processo licitatório na ordem de R$ 137.821,09 mil, configurando em ato de improbidade administrativa. A ausência de documentos, segundo entendeu o juiz, não configurou ato de improbidade.

De acordo com o processo, enquanto prefeito de Santo Amaro (termo judiciário) no exercício de 2007, o gestor teria procedido à contratação direta de materiais de limpeza, medicamentos e materiais hospitalares, não apresentando junto ao Tribunal de Contas do Estado edital de qualquer licitação ou procedimento administrativo que tenha demonstrado dispensa ou inexigibilidade de processo licitatório referente às contratações.

“Sabe-se que despesas públicas devem ser realizadas mediante procedimentos licitatórios que permitam ampla concorrência e, ao final, possibilitem que o ente público escolha a melhor proposta, notadamente aquela que apresente maior eficiência e menor custo ao erário. Dispensas e inexigibilidades de licitações são medidas excepcionais, devendo ser aplicadas apenas quando houver inviabilidade de competição, cabendo ao ordenador de despesas comprovar este fato”, explica o juiz na sentença.

Segundo entendeu o juiz, ao afastar a realização dos certames licitatórios e não comprovando a realização de procedimento administrativo que justificasse tal ato, o ex-gestor incorreu em ato improbo constante em artigo da Lei de Improbidade Administrativa, na medida que impossibilitou a escolha de propostas mais econômicas e eficientes para atendimento do interesse público, acarretando prejuízo ao erário diante dos montantes gastos nas citadas contratações. “O dolo do seu agir, a voluntariedade de afrontar a legislação e desobedecê-la restaram evidenciadas mediante a análise das circunstâncias”, relata Raphael Amorim.

COMENTÁRIOS

Municípios do Maranhão sofrem com o excesso de chuva

Os temporais que caem no Estado do Maranhão desde o início do mês deixaram centenas de desabrigados e desalojados e causa muitos danos e prejuízos. Os Municípios afetados contabilizam os prejuízos causados pelas cheias dos rios e relatam que enfrentam graves problemas em decorrência das cheias dos rios que cortam as cidades afetadas.

Os principais problemas gerados são devidos as cheias dos rios que causam inundações, enxurradas e alagamentos, deslizamentos, de terra, destruição de estradas, queda de postes e árvores. Serviços essenciais foram interrompidos, como abastecimento de água e energia, alagamentos e soterramento de casas, edificações públicas e privadas.

Mais de 7 mil pessoas foram diretamente afetadas, a maioria relatou que perderam eletrodomésticos, móveis, vestuários, veículos, entre outros. Os danos materiais são relevantes, uma vez que bairros inteiros estão debaixo d’água. Carros foram arrastados pela enxurradas e alagamentos, houve destruição de casas, muros, estradas, entre outros. Além de desmoronamento de encostas e de pontes.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) entrou em contato com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão (CPDec-MA). Em conversa com o capitão do Corpo de Bombeiros Militar do Estado, Fernando Fernandes, fomos informados que o órgão enviou várias equipes para auxiliar os Municípios afetados nas ações de respostas, busca e salvamentos das vítimas, além de orientar as prefeituras na execução de levantamentos dos danos e prejuízos causados, felizmente, até o presente momento não há registros de vítimas fatais.

Como o número de Municípios é significativo, ainda não há informações de valores dos prejuízos causados, as equipes permanecem em campo realizando o levantamento.

Municípios afetados:

  1. Marajá do Sena
  2. Pedreiras
  3. Trizidela do Vale
  4. Nina Rodrigues
  5. Lago dos Rodrigues
  6. Presidente Vargas
  7. Brejo
  8. Paulino Neves
  9. Bacabal
  10. Imperatriz
  11. São João do Sóter
  12. Tuntum
  13. São Luiz Gonzaga
  14. Rosário
  15. Timbiras
  16. Cantanhede
  17. Esperantinópolis

De acordo com a Lei 12.608/2012 que rege o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec), nos casos de desastres naturais, é dever da União e dos Estados apoiar os Municípios nas ações de buscas, socorro e assistência humanitária, monitoramento, prevenção, recuperação e reconstrução.

Diante do exposto, a orientação dada para os gestores locais, é:

  1. Nas ocorrências de desastres naturais solicite a integração dos três Entes nas ações e socorro e assistência humanitária;
  2. Busque sempre o apoio técnico da União e do Estado na decretação e na avaliação dos danos e prejuízos causados por desastres naturais;
  3. Solicite o reconhecimento de anormalidade diretamente à União;
  4. Após o reconhecimento federal, oficialize diretamente à União a liberação de recursos financeiros para execução de obras emergenciais de defesa civil no município, peça apenas o apoio técnico do Estado no levantamento da documentação exigida pelo Sinpdec;

 

COMENTÁRIOS

“Moradores afetados pelas chuvas receberão novas medidas de apoio”, diz Flávio Dino

O governador Flávio Dino afirmou, nesta quinta-feira (12), que os moradores atingidos pelas fortes chuvas no Maranhão receberão novas medidas de apoio do Estado, além das diversas ações que já estão em curso. A declaração foi feita durante entrevista à Rádio Trianon AM 740, de São Paulo.

“Estamos vivendo uma situação emergencial que tem o nosso acompanhamento pessoal há várias semanas, com equipes da Defesa Civil, Fesma, entrega de mantimentos, água e outras ações”, afirmou o governador. Flávio acrescentou que nesta sexta-feira haverá reforço nessas medidas de apoio.

Durante a entrevista, o governador também fez um rápido balanço sobre os avanços conquistados em todas as áreas desde 2015. Entre eles, o maior salário para os professores da rede estadual em todo o Brasil. São R$ 5.750,83 para a jornada de 40 horas para quem tem licenciatura plena.

“Temos um alto nível de acompanhamento dessa questão realmente estratégica da melhoria da educação, vamos ter neste ano a maior nota do Ideb da história do Maranhão”, acrescentou. O Ideb é o principal indicador sobre o ensino básico no Brasil.

Direção certa

“Temos um comando, uma direção de programas para a redução da desigualdade social. Temos transparência com o dinheiro público. Quando cheguei, nosso Portal da Transparência era um dos piores do Brasil, e hoje é um dos melhores. Tirou nota 10 no ranking da CGU (Controladoria Geral da União). Todas as informações sobre o dinheiro púbico estão lá”, disse.

Flávio também lembrou que, antes, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas era conhecido mundialmente pelo caos. “Revertemos isso, conseguimos avançar bastante”, afirmou, referindo-se também ao aumento de mais de duas mil vagas no sistema penitenciário com a entrega de novos presídios.

Tudo isso foi feito, frisou o governador, mesmo com a perda de R$ 1,5 bilhão em transferências federais por causa da pior crise econômica do país nos últimos cem anos.

“Tivemos o maior crescimento da economia entre todos os Estados em 2017, e neste ano também vamos ter crescimento. Já há um interesse do empresariado em investir no nosso Estado. Tenho muita convicção de que o Maranhão vai conseguir passo a passo ser conhecido não como terra de problemas, como era antigamente, mas como terra de soluções, ideias, gente talentosa”, afirmou.

COMENTÁRIOS

Deputado Marco Aurélio e Prefeito Geraldo Braga encaminham conquistas para Ribeirãozinho

Acompanhado do prefeito de Ribeirãozinho, Geraldo Braga e do Presidente da Agência Metropolitana, Frederico Ângelo, o deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), reuniu com o governador Flávio Dino, na tarde desta quarta-feira (11), reivindicando investimentos na saúde e abastecimento de água para o município.

Uma das principais necessidades é a ampliação dos serviços de saúde de Ribeirãozinho, que hoje conta com o atendimento ambulatorial e internações simples. Na ocasião, o governador se comprometeu a contribuir com o envio de equipamentos que irão melhorar a resolutividade no atendimento, além de garantir a contrapartida recebida para o custeio da saúde. Para isto, uma reunião entre o prefeito, o deputado Marco Aurélio e o secretário Carlos Lula, será realizada nos próximos dias para que sejam definidos os equipamentos enviados ao município e seja celebrada a parceria para ajudar no custeio do hospital municipal.

Flávio Dino autorizou ainda a perfuração de dois poços e rede de distribuição, sendo um na sede do município, no Bairro Santa Rita e outro na zona rural, no Setor Agrícola. Ambos com cerca de 400 metros de profundidade, segundo o projeto elaborado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social – Sedes. O orçamento já foi autorizado e os sistemas serão licitados nos próximos dias. Um dos poços é fruto de emenda parlamentar, no valor de R$430 mil de autoria do deputado Marco Aurélio, destinada após diálogo com o prefeito Geraldo Braga, o outro será feito em parceria entre estado e município.

Além das causas urgentes, Ribeirãozinho será contemplada com kits esportivos, que irão contribuir com o desenvolvimento do esporte e lazer local. Os materiais serão entregues brevemente, em caravana realizada pela secretaria Estadual de Esporte e Lazer – Sedel.

O deputado Marco Aurélio destacou os investimentos realizados pelo governo do estado em Ribeirãozinho. “O município recebeu o programa ‘Mais Asfalto’, que ajudou a melhorar a qualidade de vida das pessoas; A principal escola de ensino médio da cidade, Vicente Yáñez Pinzón, foi reconstruída pelo governo ainda no início do mandato do governador; na escola Francisco Fiim, no Bananal, o governo construiu um Ginásio Poliesportivo, recurso do FNDE. O IEMA vocacional do couro trouxe uma perspectiva diferente para o município, diversificando a cadeia produtiva, gerando empregos e agora fecha com chave de ouro resolvendo um dos principais problemas da cidade, que é a falta d’água, além de contribuir com a melhora da saúde através de uma parceria prefeitura/governo do estado. ” afirmou o parlamentar.

Geraldo Braga agradeceu a disponibilidade do governador, além de destacar o papel importante do deputado Marco Aurélio nessas conquistas. “É sempre importante contar com a parceria do governo do estado para causas dessa importância, sem contar com o apoio do nosso deputado Marco Aurélio, que sempre se mostra disposto a nos ajudar, seja com emendas, seja com o diálogo estreito com o Palácio dos Leões. ” ressaltou o prefeito.

Marco Aurélio agradeceu o acolhimento do governador Flávio Dino, além dos importantes apoios dos secretários Ednaldo Neves (Comunicação e Articulação Política) e Frederico Ângelo (Agencia Metropolitana).

COMENTÁRIOS

Helicóptero agiliza apoio do Governo do Maranhão a cidades atingidas pelas chuvas

Equipes do Centro Tático Aéreo (CTA) também estão trabalhando nas ações de assistência prestadas pelo Governo do Estado aos municípios atingidos pelas chuvas para garantir ajuda mais rápida à população. Como o alagamento dificulta o acesso por via terrestre, o grupamento tem sido fundamental para levar atendimento de emergência como o realizado nesta quarta-feira (11) na cidade de Tuntum.

A base do CTA instalada no município de Presidente Dutra, região central do Maranhão, primeiro a ter uma unidade descentralizada do grupamento, fez o translado das equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil da cidade de Trizidela do Vale para Tuntum.

De acordo com o coronel Ismael de Souza Fonseca, diretor do CTA do Maranhão, “a descentralização das unidades nos ajudou na ação de hoje, pois o CTA de Presidente Dutra, que conta com uma equipe de 11 pessoas, levou equipes para identificar ações emergenciais em Tuntum de forma mais rápida”.

O coronel Ismael de Souza Fonseca afirma ainda que todo as bases do CTA foram disponibilizadas para atender municípios alagados ou em estado de alerta. “O CTA está preparado para atuar tanto no resgate quanto no transporte de equipes de salvamento e de suprimentos”, declarou.

O comandante do Corpo de Bombeiros do Maranhão (CMMA), coronel Célio Roberto Araújo, avaliou o apoio do CTA como essencial para as ações nas cidades atingidas pelas chuvas. “O grupamento tem agilizado a chegada às regiões, com segurança e possibilitando que as equipes de salvamento cheguem a tempo e cumpram seu trabalho, apoiando os municípios e suas populações neste momento difícil”, ressaltou o comandante.

CTA

O Centro Tático Aéreo (CTA) é um grupamento que integra a estrutura da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e utiliza aeronaves em operações policiais e de salvamento no Maranhão. As equipes são formadas por efetivo das polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, e atuam de forma integrada e com apoio da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

A descentralização e expansão do CTA foi ação prioritária do Governo do Estado para potencializar atendimentos de saúde, segurança pública e emergência nas cidades do interior. O CTA, que até 2015 contava apenas com uma sede, hoje tem três bases localizadas em São Luís, Presidente Dutra e Imperatriz.

O efetivo composto de quatro helicópteros, dois aviões e uma equipe de 86 pessoas tem capacidade para atender ocorrências de alta complexidade em locais de difícil acesso, inclusive, salvamentos em mar.

COMENTÁRIOS