Governo convoca mil policiais militares para teste de aptidão física

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Gestão e Previdência (Segep), convoca na próxima terça-feira (3) mil candidatos aprovados na primeira fase do concurso público de soldado de Polícia Militar e soldado Bombeiro Militar para teste de aptidão física (TAF). O TAF será realizado em São Luís, no período de 23 a 29 de março, no Núcleo de Esportes da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus do Bacanga.

A convocação dos policiais militares está entre as primeiras medidas anunciadas pelo governador Flávio Dino para ampliar o efetivo do sistema de segurança pública do Estado e garantir mais segurança à população.

“Cumprindo o compromisso assumido no dia 1º de janeiro, vamos dar mais um passo para ampliação da presença da Polícia na vida da população, visando garantir a paz e o respeito às leis”, afirmou o governador Flávio Dino. Por meio de edital, a Segep definiu todo cronograma para ingresso dos candidatos aprovados nos quadros das forças policiais militares do Estado.

Os candidatos convocados deverão acessar os sites www.fsadu.org.br/concursos e www.sousandrade.org.br/concursos, a partir do dia 10 de março para consultar o Documento Individual de Convocação, com data e horário de realização do teste. O objetivo do teste de aptidão física é aferir a capacidade do candidato de suportar, física e organicamente, as exigências das atribuições do cargo.

O candidato deverá comparecer no dia, local e horário previamente designado para o exame com o documento original de identificação utilizado na inscrição do concurso, cartão de confirmação de inscrição e usando trajes adequados para o teste: calção de ginástica (ou malha, para o sexo feminino), tênis e camiseta; além de traje de banho para prova de natação, apenas para o cargo de bombeiro militar.

A divulgação do resultado do TAF, convocação para o Teste Psicotécnico, convocação para os Exames Médico e Odontológico, convocação para entrega do Formulário e para entrega dos documentos da Investigação Social Documental será feita no dia 31 de março.

COMENTÁRIOS

Caminhão tomba e grades de cerveja "se estragam" no chão

Na manhã desta sexta-feira (27), um caminhão carregado de cerveja acabou perdendo o controle e tombou em uma curva no bairro do Ipase, onde grades e grades de cerveja caíram em frente a uma residência, o que ocasionou grande tumulto na área. Resultado: vidros espalhados pelo chão, a rua teve que ser interditada, e teve morador que não gostou nada nada do que viu. Veja abaixo o vídeo feito por um morador de como ficou o estado da rua onde aconteceu a “tragédia”.

{youtube}7AucdUkJOkQ{/youtube}

COMENTÁRIOS

Cabo Campos pede que os servidores voltem a ser atendidos no Hospital Carlos Macieira

 O deputado Cabo Campos (PP), em pronunciamento na sessão desta quinta-feira (26), defendeu a volta do Hospital Dr. Carlos Macieira a todos os servidores do Estado. De acordo com o parlamentar, essa seria uma medida vital para a melhoria da qualidade de vida dos servidores públicos estaduais. Ele enfatizou que a mudança gerou alguns problemas, tanto no que se refere ao deslocamento, quanto à qualidade do serviço prestado pelo hospital.

“O governo passado, colocou uma empresa que custa R$ 8 milhões para o Estado, porém, a qualidade não é vista em nenhum dos aspectos do hospital São Luís”, disse Cabo Campos.

Ele lembrou que foi vítima deste sistema de saúde, quando estava com um problema chamado de fibrilação cardíaca. Disse que logo no atendimento ele e a própria família foram mal atendidos e que além dele, uma senhora de 66 anos de idade que necessitava de um atendimento especializado só após longas horas é que o atendimento foi concretizado.

 COMISSÃO

O deputado falou, ainda, da importância e de sua responsabilidade em presidir a Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa. “Tenho orgulho de assumir essa pasta, porque sei da problemática que ali tem e dos avanços que podemos alcançar. Quero fazer desta comissão algo provocativo, onde não vamos só receber as demandas, mas também trabalhar para a solução dos problemas”.

COMENTÁRIOS

O destaque de André Fufuca na Câmara Federal

Mais um maranhense ganha destaque dentro da Câmara Federal. Desta vez, trata-se do deputado federal André Fufuca (PEN), que foi indicado e até já assumiu a vice-liderança do maior bloco parlamentar da Câmara Federal, que além do PEN, conta também com o PMDB, PP, PTB e o PSC.

André Fufuca é ex deputado estadual e atualmente é um dos parlamentares mais jovens do País, e apesar da idade, já possui uma bagagem e competência suficiente para assumir tal função. Sem dúvida nenhuma, o parlamentar está estreando com o pé direito no seu novo cargo.


COMENTÁRIOS

Julião Amim já é secretário de Estado

Em ato realizado na manhã desta sexta-feira (27), no Palácio dos Leões, o deputado federal, Julião Amin (PDT), foi empossado Secretário Estadual do Trabalho e Economia Solidária.

alt

O ato foi presidido pelo governador, Flávio Dino, e contou com a presença de grande parte da bancada federal maranhense, além de secretários estaduais, do Senador Roberto Rocha, do presidente da assembleia legislativa, deputado Humberto Coutinho, funcionários da secretaria, familiares,  membros do partido e amigos do secretário.

Na ocasião, Julião Amin destacou a importância da pasta para o desenvolvimento do estado e agradeceu a confiança depositada pelo governador. ” Tenho um longo histórico na defesa dos interesses dos trabalhadores do meu estado, agora, à frente da secretaria irei trabalhar com ainda mais determinação para contribuir com o crescimento do Maranhão e honrar a confiança que o senhor governador me  depositou.” afirmou.

O governador parabenizou o secretário e lembrou o conturbado momento da economia mundial, ressaltando que o trabalho das secretarias de estado aliado a determinação e coragem para trabalhar dos maranhenses serão capazes de fazer com que o Maranhão contorne tais dificuldades.

COMENTÁRIOS

Governador reúne Congep e define metas para o desenvolvimento do Maranhão

O governador Flávio Dino coordenou, nesta quinta-feira (26), a segunda reunião do Conselho de Gestão Estratégica das Políticas Públicas do Governo (Congep) para definir e acompanhar prazos e metas do Governo do Estado. Formado pelo vice-governador, Carlos Brandão, e por todos os secretários de estado, a reunião que ocorre uma vez por mês, teve o objetivo de avaliar as ações executadas pelo Governo do Estado, além de traçar novas diretrizes e metas para os próximos dias.

alt

Durante o encontro, foi tratado novamente sobre a ferramenta que será utilizada durante todo o governo para controle das metas de curto, médio e longo prazo, estabelecidas pelo governador para cada secretaria. As de curto prazo devem apresentar resultados em até 90 dias; as de médio prazo devem ser realizadas ainda este ano, e as metas de longo prazo precisam ser finalizadas até o término da gestão. A ferramenta será acompanhada pela Casa Civil.

“Com o sistema vamos acompanhar a execução de cada tarefa dada pelo governador. Isso vai nos ajudar a alcançar cada meta no menor tempo possível, com transparência e qualidade, gerando cada vez mais benefícios para a população do Maranhão”, explicou o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Flávio Dino explicou que o programa de monitoramento de metas que já está em fase de implantação, diz respeito diretamente aos interesses dos cidadãos, e frisou que um governo que trabalha com metas e resultados, é um governo eficiente. “Estamos a cada reunião avançando com o secretariado no estabelecimento de prazos para que os resultados, que já estão ocorrendo, possam acontecer com ainda mais velocidade”, afirmou.

O governador aproveitou para comentar, durante a reunião do Congep, sobre o encontro com a presidenta Dilma Rousseff, em Brasília, na tarde de quarta-feira (25). O chefe do Executivo do Maranhão apresentou à presidenta projetos prioritários: Plano de Ação Mais IDH, Programa Escola Digna e propostas sobre rodovias federais que cortam o Estado. Segundo Flávio Dino, a presidenta demonstrou solidariedade com o Maranhão e se comprometeu em ajudar o estado via programas federais que tenham maior impacto para a população maranhense, em sintonia com os pleitos apresentados pelo governador.

“Fomos recebidos da melhor maneira possível pela presidenta e pelos ministros, ela foi atenciosa e discutiu os nossos programas um a um, com muito cuidado e atenção. Passamos duas horas e meia tratando de todas as nossas propostas como Plano de Ação Mais IDH, Programa Escola Digna, dentre outras, longamente e de maneira individual, o que mostra que temos novas e boas oportunidades junto ao Governo Federal”, comentou.

Recursos

Com o debate e discussão sobre as metas da gestão estadual, a titular da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), Cynthia Mota Lima, fez uma explanação de como as secretarias precisam proceder quanto aos empenhos e pagamentos dos processos, inclusive em relação ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

COMENTÁRIOS

Deputado Marco Aurélio é eleito presidente da CCJ

 Na manhã da última quarta-feira (25), no plenário da Assembleia Legislativa, foram oficializadas as escolhas dos representantes das 12 Comissões Permanentes que atuarão durante o quadriênio 2015/2018 da 18ª Legislatura, formadas de acordo com a indicação dos Blocos Parlamentares, conforme a Resolução nº 337 do dia 10 de fevereiro deste ano.

O deputado estadual, professor Marco Aurélio (PCdoB), foi escolhido por consenso pelos deputados para presidir a Comissão de Constituição e Justiça – CCJ, mais importante dentre as doze comissões da casa. A decisão é um grande marco para Imperatriz e região Tocantina, que ganha um representante importante na defesa dos interesses locais. Além da presidência da CCJ, o parlamentar passa a integrar outras duas importantes comissões, a de Ética e Educação.

Professor Marco Aurélio destacou a importância das indicações, ressaltando a representatividade de Imperatriz e toda a Região Tocantina na Assembleia.” Fico muito feliz de ter sido indicado para algumas das mais importantes comissões da casa, ainda mais por estar em meu primeiro mandato como parlamentar. Não tenho dúvidas que é uma conquista de toda a minha região.” afirmou o parlamentar.

Ao finalizar, o parlamentar destacou que a experiência na câmara dos vereadores de imperatriz, está sendo ampliada na assembleia e o trabalho à frente das comissões dará ainda mais dinâmica para seu mandato. ” Tenho estudado muito para honrar minha votação com atuações sóbrias e a boa condução das comissões. Na CCJ tentarei conduzir os trabalhos de forma integrada, onde todos poderão, juntos, fazer o melhor para o Maranhão.” concluiu.

COMENTÁRIOS

Flávio Dino pede apoio do MTur para efetividade da Rota das Emoções

O governador Flávio Dino apresentou, em audiência com o ministro do Turismo, Vinícius Lages, nesta quarta-feira (25), em Brasília, projetos para fomentar o turismo no Maranhão. Durante as discussões, ele solicitou ao ministro intervenção para viabilizar a efetividade da Rota das Emoções, trecho que compreende os Lençóis Maranhenses e o litoral cearense.

Flávio Dino garantiu que o turismo é prioridade na atual gestão, sendo um importante propulsor do desenvolvimento no estado. A importância estratégica do turismo para o Maranhão é conhecida pelo governador que foi presidente da Embratur – entidade federal responsável por promover o turismo brasileiro no exterior – entre 2011 e 2014, quando o Brasil registrou recorde de turistas e o Maranhão foi destaque em diversas peças de promoção turística.

A titular da Secretaria de Estado de Turismo, Delma Andrade, acompanhou o governador na reunião e frisou o empenho da gestão estadual. “A reunião serviu para reforçar junto ao Governo Federal a importância que o setor passa a ter na atual gestão”, disse.

Delma Andrade ressaltou que a Rota das Emoções receberá a construção, já garantida pelo governador, de cerca de 30 km de estrada que interligue Barreirinhas à Paulino Neves, única parte ainda não interligada. Mas, para funcionar a contento, a secretária frisa que é importante o diálogo com os governadores do Piauí e Ceará, que poderia ser intermediado pelo ministro Vinicius Lages.

Outro pleito levado pelo governo maranhense ao Ministério do Turismo foi a atenção ao Centro Histórico de São Luís. O governador ressaltou a importância de retomar o PAC Cidades Históricas no Maranhão, projeto do Governo Federal para revitalização de imóveis da arquitetura colonial maranhense.

Com investimento na ordem de R$ 130 milhões pela esfera federal, a instância estadual comprometeu-se em realizar contrapartida financeira de R$ 15 milhões, mas a última gestão deixou dívidas acumuladas nos último três meses, o que paralisou o projeto no Maranhão. Na ocasião, o governador Flávio Dino garantiu o pagamento da dívida pendente, pedindo atenção do Ministério nas ações desenvolvidas no estado.

 Foi debatida a realização de reuniões sistemáticas entre as equipes técnicas do Ministério do Turismo e do Governo do Estado para analisar os projetos já em execução e novas oportunidades para incrementar o turismo. “Existem diversos projetos celebrados, alguns já foram retomados, mas nossa intenção e que todos sejam executados com a maior brevidade possível”, comentou a secretária Delma Andrade.

Durante a reunião, o ministro Vinicius Lages ressaltou o interesse do Ministério do Turismo em reforçar o Banco de Imagens do Maranhão. Segundo ele, ter material de divulgação diversificado é um importante passo para inserir cada vez mais os produtos turísticos maranhenses no imaginário dos brasileiros e dos estrangeiros. “Também firmamos uma parceria para divulgar o calendário turístico do Maranhão”, disse a secretária.

COMENTÁRIOS

Ministério Público requer indisponibilidade de bens de Luís Fernando

A 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de São José de Ribamar requereu, em Ação Civil Pública, datada de 23 de fevereiro, a decretação da indisponibilidade liminar dos bens do ex-prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura Silva, e do empresário João Luciano Luna Coêlho e de sua empresa, Ires Engenharia, Comércio e Representação LTDA.

A ação, subscrita pela promotora de justiça Elisabeth Albuquerque Mendonça, também tem como réus o ex-secretário de Obras, Habitação e Serviços Públicos de São José de Ribamar, Antonio José Costa; a assessora jurídica da Sinfra, Darclay Burlamaqui, e os funcionários municipais Freud Norton Santos, Geraldo Araújo Júnior e Gissele Baluz.

A manifestação é baseada em auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), que detectou irregularidades na realização do Convênio nº 025/2010, firmado entre a Prefeitura de São José de Ribamar e a Sinfra, para realização de serviços de pavimentação, drenagem e urbanização, no valor de R$ 5 milhões.

De acordo com a promotora, as investigações apontaram o direcionamento do objeto da licitação para favorecimento da empresa Ires Engenharia, Comércio Ltda. Além disso, as apurações verificaram que os serviços executados pela empresa corresponderam a somente 39% do valor do contrato do convênio, cuja assinatura não foi informada à Câmara Municipal pelo ex-prefeito Luís Fernando Silva.

Entre as 21 ilegalidades observadas estão a ausência de pesquisa de preços anterior ao edital da licitação, que só foi publicado no jornal “A tarde”, contrariando a legislação, que determina a publicação em jornal de grande circulação.

Também foi verificada a publicação do empenho em data posterior (1º de julho de 2010) à data do contrato, assinada em 23 de junho de 2010.

Outra irregularidade observada foi a não publicação do instrumento de contrato na imprensa oficial. A publicação foi realizada mais de três meses após a assinatura do contrato, no Jornal dos Municípios e não no Diário Oficial do Estado do Maranhão, como determina a legislação.

PEDIDOS

Além da determinação da indisponibilidade dos bens dos réus, até o limite de R$ 5.777.823,63, que corresponde ao valor do convênio assinado, acrescido do valor a ser transferido pela Prefeitura de São José de Ribamar, o MPMA requer que o Poder Judiciário os condene à perda de eventuais funções públicas, à suspensão dos direitos políticos por até cinco anos e ao pagamento de multa.

Fonte: MPMA

 

COMENTÁRIOS

Unimed e Hospital São Domingos são condenados por negar atendimento a paciente

A Unimed Seguros e o Hospital São Domingos foram condenados pela 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) a pagar, cada um, o valor de R$10 mil, por danos morais, a um paciente que, mesmo sendo conveniado ao plano de saúde credenciado àquela unidade hospitalar, só teve o atendimento autorizado mediante a emissão de um cheque- caução no valor de R$ 4 mil.
No julgamento, os desembargadores que compõem o colegiado enfatizaram que a conduta das empresas violou o Código de Defesa do Consumidor (CDC), causando ao paciente frustração, incerteza, humilhação e abandono.   
Com a recusa do plano de saúde, o hospital exigiu um cheque-caução como condição de realizar os procedimentos médicos, que só foram autorizados depois que a gerente da empresa onde trabalhava o paciente emitiu o cheque. Depois que as despesas hospitalares ultrapassaram o valor caucionado (R$ 4 mil) foi feito o cancelamento do atendimento médico.


VOTO – O processo teve como relator o desembargador Jamil Gedeon. Para o magistrado, mesmo com cláusulas restritivas no contrato, nem todas as disposições limitativas podem ser válidas juridicamente, a exemplo do caso em questão, quando o procedimento indicado mostrou-se necessário para o tratamento do trauma sofrido pelo paciente.

O desembargador considerou que a Unimed Seguros e o Hospital São Domingos atuaram em conjunto na administração e execução do contrato de plano de saúde, devendo responder solidariamente  pelos prejuízos causados ao consumidor, conforme o CDC.

Fonte: Assessoria de Comunicação do TJMA

COMENTÁRIOS