Foto histórica: Flávio Dino diplomado

Flávio Dino oficialmente diplomado: O retrato do futuro do Maranhão nos próximos quatro anos.

COMENTÁRIOS

É hoje! 5 anos da Esfregue Dance

Hoje todos os caminhos levam a boate Lagoa House, onde a banda Esfregue Dance vai comemorar cinco anos de existência. A anfitriã da noite recebe convidados especiais para abrilhantar mais ainda esta noite que promete ser única.

COMENTÁRIOS

Cleide Coutinho e o compromisso com suas bases eleitorais

A deputada Cleide Coutinho apresentou suas Emendas (Parlamentares e ao Orçamento) neste mês de dezembro do ano em curso, para o orçamento de 2015. Confiante que serão atendidas no Governo Flávio Dino, pois no Governo Roseana Sarney todas as suas Emendas foram rejeitadas pela governadora. As mesmas estão publicadas no Diário da Assembleia Legislativa, do dia 11/12/2014. Dentre as emendas do orçamento, estão o Apoio ao funcionamento de 25 (vinte e cinco) Clínicas de Reabilitação das APAE’S – Associação de Pais e Amigos Excepcionais do Maranhão e Implantação de uma Unidade do Instituto Médico Legal (IML). Emendas estas que a parlamentar solicitou por três vezes ao Governo Roseana Sarney, mas que sempre foram rejeitadas. Segue abaixo a lista de emendas parlamentares da deputada Cleide Coutinho:

-Caxias

Aquisição de 08 ambulâncias para o Sistema de Saúde

Eventos Culturais ligados às festividades carnavalescas

-São Domingos

Aquisição de 03 ambulâncias para o Sistema de Saúde

Eventos Culturais ligados às festividades carnavalescas

-Tuntum

Aquisição de 03 ambulâncias para o Sistema de Saúde

Eventos Culturais ligados às festividades carnavalescas

– Parnarama

Aquisição de 02 ambulâncias para o Sistema de Saúde

Eventos Culturais ligados às festividades carnavalescas

-São Mateus

Aquisição de 02 ambulâncias para o Sistema de Saúde

COMENTÁRIOS

Tudo pronto para a diplomação dos eleitos 2014

Tudo pronto para a cerimônia de diplomação dos eleitos 2014, evento que acontece na tarde desta sexta-feira (19), ás 16h, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. A expectativa por parte dos recém eleitos é a melhor possível,visto que todos já demonstram todo o gás para iniciar seus mandatos com o pé direito.

Os diplomas serão entregues pelos membros do TRE-MA e das Comissões de Propaganda e de Poder de Polícia. A Corte atualmente é formada pelos desembargadores eleitorais Froz Sobrinho (presidente), Guerreiro Júnior (corregedor), Eulálio Figueiredo (ouvidor), Clodomir Reis (diretor da EJE), Alice Rocha, Daniel Blume e Eduardo Moreira; Também participará da entrega a procuradora Carolina Mesquita da Hora, que substituirá no ato, o procurador regional eleitoral Régis Primo da Silva. Em nome da Justiça Eleitoral, discursará o desembargador Froz Sobrinho; Já por parte dos diplomados, será o governador eleito Flávio Dino.

Os diplomados vão ser chamados de acordo com a ordem de votação na urna eletrônica. Já os eleitos aos cargos proporcionais, serão chamados pela coligação e/ou partido que obteve maior número de candidatos eleitos e pela ordem decrescente de votação.

Ao todo, receberão o diploma, 80 políticos eleitos: 1 governador, 1 vice, 1 senador (primeiro e segundo suplente), 18 deputados federais e 42 deputados estaduais, além do primeiro suplente de cada partido e/ou coligação.

COMENTÁRIOS

Rubens Jr se despede da AL e reitera seus compromissos com os maranhenses

O deputado estadual e ainda líder do bloco da oposição, Rubens Pereira Jr, utilizou a tribuna da Assembleia na sessão da última terça (16), para se despedir do parlamento estadual, depois de dois mandatos consecutivos (2007-2010 e 2011-2014). A partir do dia 1 de Fevereiro, Rubens Jr assume uma vaga na Câmara Federal. “Definitivamente, sou apaixonado pelo Poder Legislativo, por todo o seu potencial, pelo que representa. É, portanto, com algum saudosismo, mas com o coração leve, tranquilo, que me preparo para os novos desafios”, disse.

No seu discurso de despedida,  Rubens discorreu sobre a história política maranhense dos últimos sete anos, como a posse do ex governador Jackson Lago e tão logo sua cassação, o retorno da também agora ex governadora Roseana Sarney e a renúncia da própria, até, finalmente, a eleição histórica de Flávio Dino.

Além disso, o deputado lembrou de suas participações em Conferências Nacionais, debates com movimentos sociais, Conselhos, CPI’s e falou do desafio de liderar o Bloco de Oposição. “Assumir o Bloco de Oposição é uma batalha difícil, porém gratificante porque é um trabalho indispensável para o desenvolvimento da democracia do Estado do Maranhão. Nós não chegaríamos ao resultado da vitória eleitoral em 2014 se nós não tivéssemos tido uma oposição tão combatente, forte e incansável como nós tivemos nessa Casa”, afirmou.

O deputado também aproveitou o momento para homenagear sua família em nome de suas duas avós, que, segundo ele, representam a luta por qual passou. Rubens Jr também agradeceu ao seu pai, ex-deputado estadual Rubens Pereira. “Não posso deixar de me reportar ao meu pai, homem em que me espelho e que eu admiro. Ainda na Assembleia antiga ele foi deputado por dois mandatos. Antes trabalhou na roça, foi garimpeiro, foi prefeito até se tornar um grande articulador político, indiscutivelmente”, enfatizou.

De malas prontas para a Câmara Federal, o deputado adiantou que tratará com prioridade a questão das Reformas. “Temos um Congresso conservador onde nós passaremos inevitavelmente por um momento de crise econômica, conjugada com uma grave crise política. Tirando isso, que são as dificuldades, nós temos que olhar para as Reformas. É impossível que nós não debatamos a Reforma Política, a Tributária; a Reforma na Educação, nos Meios de Comunicação, a Urbana e a Agrária”, reiterou Rubens Jr. Em 08 (oito) anos de mandato, o parlamentar ocupou a tribuna da AL mais de 500 vezes em defesa da oposição, e agora se prepara para assumir uma vaga na Câmara Federal, com a esperança de um amanhã de prosperidade e respeito a todos os maranhenses.

Mandatos em números:

–  03 (Três) decretos legislativos;

– 91 (noventa e uma) indicações;

– 06 (seis) projetos de resolução;

– 103 (cento e três) requerimentos;

– 35 (trinta e cinco) projetos de lei;

– 02 (duas) propostas de emenda constitucional.

COMENTÁRIOS

"Em qualquer lugar do mundo, os três já estariam presos", desabafa pai de Brunno Matos

Passados 71 dias do assassinato do advogado Brunno Matos, finalmente chegou o dia da audiência de instrução e julgamento do processo que investiga a morte do advogado, além das tentativas de homicídio contra Alexandre Matos Soares, Wesley Oliveira e Kelvin Chiang. A audiência foi realizada na última quarta-feira (17), na Segunda Vara do Tribunal do Júri, Fórum Sarney Costa e durou quase 10 horas.

A expectativa em torno do caso era grande, principalmente por parte da família de Brunno Matos, que esperava que o juiz determinasse a prisão dos três acusados de envolvimento no caso: Carlos Humberto Marão, João José Nascimento e Diego Polary. Mas, para surpresa de todos,o juiz do caso, Gilberto de Loura Lima, decidiu deixar em liberdade os três acusados, alegando que eles não representam perigo á sociedade.O juiz também abriu prazo de 10 dias para as alegações finais e afirmou que, finalizado esse período, vai decidir se os indiciados irão a júri popular.

Em entrevista a uma rádio local, o pai de Brunno Matos, Rubem Soares, disse estar perplexo com a decisão do juiz em deixar todos em liberdade. Rubem Soares também criticou o promotor do caso, Agamenon Batista, classificando-o de ineficiente e omisso, “pois em momento algum ele partiu pra cima dos acusados, deixou a coisa rolar, pouco falou e foi uma decepção muito grande”, revelou o pai do advogado. Que disse ainda que o Maranhão é um Estado que deve ter vindo de outra galáxia.  “São evidências que em qualquer lugar do mundo, os três já estariam presos,mas existem coisas que só acontecem aqui no Maranhão”, finalizou.

COMENTÁRIOS

“Em qualquer lugar do mundo, os três já estariam presos”, desabafa pai de Brunno Matos

Passados 71 dias do assassinato do advogado Brunno Matos, finalmente chegou o dia da audiência de instrução e julgamento do processo que investiga a morte do advogado, além das tentativas de homicídio contra Alexandre Matos Soares, Wesley Oliveira e Kelvin Chiang. A audiência foi realizada na última quarta-feira (17), na Segunda Vara do Tribunal do Júri, Fórum Sarney Costa e durou quase 10 horas.

A expectativa em torno do caso era grande, principalmente por parte da família de Brunno Matos, que esperava que o juiz determinasse a prisão dos três acusados de envolvimento no caso: Carlos Humberto Marão, João José Nascimento e Diego Polary. Mas, para surpresa de todos,o juiz do caso, Gilberto de Loura Lima, decidiu deixar em liberdade os três acusados, alegando que eles não representam perigo á sociedade.O juiz também abriu prazo de 10 dias para as alegações finais e afirmou que, finalizado esse período, vai decidir se os indiciados irão a júri popular.

Em entrevista a uma rádio local, o pai de Brunno Matos, Rubem Soares, disse estar perplexo com a decisão do juiz em deixar todos em liberdade. Rubem Soares também criticou o promotor do caso, Agamenon Batista, classificando-o de ineficiente e omisso, “pois em momento algum ele partiu pra cima dos acusados, deixou a coisa rolar, pouco falou e foi uma decepção muito grande”, revelou o pai do advogado. Que disse ainda que o Maranhão é um Estado que deve ter vindo de outra galáxia.  “São evidências que em qualquer lugar do mundo, os três já estariam presos,mas existem coisas que só acontecem aqui no Maranhão”, finalizou.

COMENTÁRIOS

Parlamentares receberão mais de 30 mil por mês em 2015

O Plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira (17), quatro projetos que aumentam os salários dos principais cargos dos três poderes. Presidente da República e vice, ministros de Estado, deputados federais e senadores, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e o Procurador-Geral da República (PGR) foram contemplados. O teto do serviço público passa a R$ 33.763,00.

As medidas haviam sido aprovadas pela Câmara dos Deputados poucas horas antes e seguiram imediatamente para confirmação no Senado. O subsídio dos cargos mais altos do Executivo passa de R$ 26.723,13 para R$ 30.934,70, um aumento de 15,8%. A remuneração dos parlamentares passará de R$ 26.723,13 para R$ 33.763,00, salto de 26,3%. Já a remuneração dos ministros do STF e do PGR sairá de R$ 29.462,25 para R$ 33.763,00 – acréscimo de 14,6%.

O aumento para os ministros do STF eleva o teto salarial do funcionalismo público brasileiro, que, por lei, é fixado como idêntico ao subsídio dos ministros. As medidas têm reflexos também nas remunerações de outras autoridades (como deputados estaduais e distritais, vereadores, ministros de tribunais superiores e demais juízes, entre outros), cujo valor é constitucionalmente limitado pelos subsídios dos cargos federais correspondentes.

Os senadores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) e Randolfe Rodrigues (Psol-AP) anteciparam que se absteriam da votação. Ambos classificaram as medidas como inoportunas, mas disseram que não tentariam obstruir o exame dos projetos.

“Projetos como esse têm um impacto grande nas contas públicas, em razão das vinculações constitucionais. Há muitas incertezas sobre a situação fiscal do Brasil”, observou Aloysio.

Já o senador Randolfe Rodrigues disse que todos estão em recessão técnica desde agosto, e que talvez fosse mais adequada uma proposta mais condizente com a inflação.

O PLC 131/2014 e o PLC 132/2014, que tratam dos subsídios dos ministros do STF e do procurador-geral da República, seguem para sanção presidencial. Já os projetos de decreto legislativo 200/2014 e 201/2014, que promovem os aumentos para o Executivo e o Legislativo, vão a promulgação.

* Foto ilustrativa

COMENTÁRIOS

Flávio Dino e Banco do Nordeste discutem estratégias para o desenvolvimento do Maranhão

O diretor do Banco do Nordeste, Isaías Dantas, e o Superintendente Estadual do Maranhão, Expedito Neiva, receberam o governador eleito, Flávio Dino, nesta quarta-feira, 17, para dar prosseguimento à discussão de alinhamento das ações impactantes a serem implementadas no Maranhão, a partir da nova gestão do Governo do Estado. O encontro aconteceu no escritório da Superintendência Estadual do Maranhão, em São Luís.

Durante a reunião, o BNB apresentou o cenário de aplicações no Estado, em 2014, que comprova a ampla pulverização do crédito, sobretudo por meio dos Programas de Microcrédito Rural, o Agroamigo, e Urbano, o Crediamigo, e ainda do Programa Nacional de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Somente até novembro deste ano, o Crediamigo do Banco do Nordeste já liberou o montante de R$ 752,6 milhões, em um total de 313.415 operações com microempreendedores urbanos. Já o Pronaf atendeu a mais de 36 mil operações de agricultores familiares, com aplicações que chegaram a R$ 200 milhões. No mesmo período, o BNB aplicou em todos os setores da economia maranhense, o total de R$ 1,3 bilhão com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

De acordo com dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Flávio Dino destacou que o Maranhão possui 30 entre as 100 cidades com pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, um cenário que precisa de ações emergenciais.

“Temos a missão de trabalhar fortemente para mudar o IDH dos municípios maranhenses, por meio de uma atuação efetiva junto aos municípios que continuam na extrema pobreza. Por isso, vamos contar com o trabalho do Banco do Nordeste e apoiar ações que impulsionam a chegada do crédito nessas localidades, garantido melhoria da qualidade de vida dos maranhenses”, assegurou o governador eleito, Flávio Dino.

COMENTÁRIOS

PCdoB convida para entrega do prêmio José Augusto Mochel

O PCdoB São Luís convida para a cerimônia de entrega da 8ª edição do Prêmio Augusto Mochel, que acontece na próxima quinta-feira (18), quando o Partido Comunista do Brasil fará homenagens a personalidades de lutas populares, militantes, lideranças políticas e entidades que tenham se dedicado às causas democráticas. A premiação acontecerá no Grand São Luís Hotel (Centro), a partir das 18h e reunirá diversas lideranças políticas, representantes de movimentos sociais e populares.

O “Prêmio José Augusto Mochel”, em sua oitava edição, já é um evento aguardado por todos os militantes sociais do Maranhão. É o que garante o presidente do PCdoB/MA, jornalista Márcio Jerry, para quem “a premiação é um justo reconhecimento aos que se destacam na luta democrática, no presente e no passado”.

A solenidade foi instituída em 2007 pelo então deputado federal Flávio Dino, o prêmio representa uma homenagem permanente ao líder comunista José Augusto Mochel e já se tornou uma referência para a esquerda maranhense, que vê reconhecidos nomes dedicados à luta democrática, popular e socialista no Maranhão.

Chegando à sua 8ª Edição, o evento já homenageou diversas personalidades maranhenses, e este ano, fará homenagens a Maria Querubina (ativista pela reforma agrária), Haroldo de Oliveira (fundador do Sindicato dos Ferroviários), Clay Lago (presidente do Instituto Jackson Lago e ex-primeira dama do Estado), Dilermando Toni (membro do Comitê Central do PCdoB) e Chico Sales (ex-presidente da Fetaema). Na categoria de homenagens póstumas, será rememorada a história de José Machado, sindicalista assassinado na década de 80, Nelson Brito, que militou na área da cultura e coordenou o Laborarte e Antônio Soares, liderança política de Barra do Corda.

COMENTÁRIOS