Seplan discute planejamento com órgãos setoriais

A Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), realizou, nos dias 18 e 19 de Março, reuniões de planejamento com todos os órgãos do Estado para apresentar a metodologia que será utilizada para a elaboração do PPA 2020-2023. O encontro aconteceu no auditório da Casa Civil. De acordo com a Secretária Cynthia Mota Lima, trata-se de mais um momento importante para o Estado,  em que todos os órgãos estiveram reunidos para dar andamento e consequentemente, melhorar as ações desenvolvidas em prol da população maranhense.“Tivemos dois dias de reunião e tenho absoluta certeza que nosso objetivo foi alcançado, que foi o de levar informações, além da troca de conhecimentos, entre os órgãos do Estado. Quero aproveitar para agradecer a todos que participaram do evento e dizer que seguiremos alinhando ações para termos cada vez mais melhores resultados”, destacou a Secretária.

O coordenador de Planejamento e Orçamento da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e servidor do Estado há mais de vinte anos, Ribamar Soares, disse que essas reuniões são sempre produtivas, pois presta os devidos esclarecimentos junto aos órgãos para que todos possam conhecer a realidade do nosso Estado.“Há tempos nós já vínhamos alinhando com a Seplan nossas políticas em relação ao orçamento, pois sabemos da crise que afetou todo o Brasil, e seguimos direcionando nosso orçamento a essas políticas de contenção de despesas, claro, sem deixar a qualidade dos serviços de lado”, reiterou o servidor.

Também presente ao evento, a assessora especial do Governo, Esther Marques, elogiou a equipe da Seplan e comentou sobre o novo modelo de gestão que está sendo implantado no Estado. “Eu tenho acompanhado bastante as ações da Seplan e tenho percebido que tem havido uma evolução muito interessante em relação a realização dos eventos, pois houve bastante interação, as pessoas estão mais atentas, apresentação dos trabalhos está mais leve. É um novo modelo, mais conceitual. Diminuir orçamento não significa dizer que a ação vai ter menos qualidade. Nesse novo modelo, vamos organizar o monitoramento, o acompanhamento, e a Seplan está de parabéns nesse sentido, pois o trabalho que ela está desenvolvendo é fantástico, e é um esforço quase hercúleo, de mudar toda a concepção de planejamento do Maranhão. Eu já tive em várias áreas de planejamento e é a primeira vez que estou vendo isso na prática”, realçou.

O secretário-adjunto do Planejamento, Roberto Matos, que fez uma explanação dos aspectos gerais e orçamentários para 2019, reiterou que o Governo segue concentrando esforços, bem como intensificando as ferramentas de gestão a serviço do povo do Maranhão.”Além de inovarmos na metodologia de elaboração do próximo PPA, aproximando esse importante instrumento de planejamento das agendas estratégicas do Maranhão, estamos trabalhando em um manual de políticas públicas, que reunirá um conjunto de ferramentas que nos ajudará a aperfeiçoar o desenho das nossas ações e fortalecer o processo de avaliação e controle social. Para continuarmos  avançando na melhoria da qualidade de vida da nossa população no atual cenário fiscal restritivo, precisamos aperfeiçoar nosso sistema de planejamento”, ressaltou o Secretário Adjunto.

Participaram ainda do evento, o subsecretário da Seplan, Marcello Duailibe, o secretário-adjunto do Tesouro e Contabilidade, Eduardo Pereira, o superintendente de Assuntos Fiscais, Marcelo Santos, o superintendente de Programas, Raphael Vidal, Superintendente de Gestão de Planos e Orçamento, Tânia Macatrão, Superintendente de Normas, Juliana Alves, e a Gestora dos Sistemas de Planejamento e Orçamento, Graça Ximenes.

Segundo dia

No segundo dia de evento, temas como Selo Unicef, Sistema de Metas, Agendas Estratégicas (SIGEF), Brasil Central, Indicadores, Brasil Central e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) fizeram parte do cronograma de apresentações, onde representantes das Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (SedihPop), Secretaria de Governo (Segov), Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), Secretaria de Políticas Públicas (SEEP), exibiram dados para os participantes.

Deixe uma resposta